A prefeitura, através da secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), realiza uma série de atividades esportivas com os professores do Agita Petrópolis no próximo sábado (16/10), a partir das 10h, no salão da Igreja Católica do Jardim Salvador. Serão promovidas aulas de dança, ginástica e alongamento para o público adulto de forma gratuita – seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19. A ideia é que o "aulão" atenda pessoas da localidade e também do Roseiral.

Segundo o secretário da SEPJIL, o objetivo da prefeitura é colocar a prática da atividade física na rotina das pessoas. "Esse 'aulão' incentiva que as pessoas comecem a praticar. Estamos estudando o crescimento do Agita Petrópolis, que hoje conta com 21 núcleos, e por isso vamos promover algumas atividades itinerantes”, explica.

O Agita Petrópolis busca combater o sedentarismo com atividades gratuitas nos bairros do município. Em uma hora de aula, são promovidas atividades que desenvolvem a elasticidade e melhoram a habilidade articular, além de retirar as tensões dos músculos e a sobrecarga nas articulações. São mais de 800 pessoas atendidas regularmente por toda a cidade.

O programa conta com núcleos no Alto da Serra, Bataillard, Benfica (dois núcleos), Cascatinha, Caxambu, Centro, Contorno, Corrêas, Madame Machado, Oswaldo Cruz, Pedro do Rio, Posse, Quitandinha, São Sebastião, Vale do Cuiabá, Vicenzo Rivetti e Vila Rica. Os interessados em participar podem entrar em contato com a secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL) para se cadastrar. O telefone é o 2233-1218.

"Esporte promove saúde e qualidade de vida. O Agita Petrópolis é um grande marco, um divisor de águas do município. Tenho um grande orgulho de ter criado esse programa, quando era secretário de Esportes, possibilitando de forma democrática levar atividade física gratuita para toda a cidade", destacou o governo interino.

Com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre o Outubro Rosa, a Academia da Saúde do Vale do Carangola realizou nesta sexta-feira (08) uma caminhada com as alunas da unidade. A ação também teve o intuito de levar informações às mulheres, sobre os serviços de diagnóstico e de tratamento do câncer de mama, que contribuem para a redução da mortalidade.

"A Academia de Saúde promove eventos técnicos, debates e apresentações sobre diversos temas. No mês de prevenção contra o câncer de mama não seria diferente. É necessário promover ações educativas para disseminar informações sobre os fatores de prevenção e detecção do câncer de mama. A caminhada é a atividade física mais democrática que existe, porque todos podem fazer, e, através dessa atividade, ainda conseguimos conscientizar a população", destaca o governo interino.

A Academia de Saúde é um programa da Prefeitura de Petrópolis que oferece atividade física gratuita à população em quatro locais da cidade: Parque Cremerie, Parque de Itaipava, Castelo São Manoel e Vale do Carangola. As atividades oferecidas nestes locais são gratuitas e abertas ao público e nos locais são praticadas exercícios como: alongamento, ginástica, yoga, meditação, caminhada, hidroginástica, bio pilates, fisioterapia e terapias alternativas como acupuntura, shiatsu e a fitoterapia que é o recurso de prevenção e tratamento de doenças através das plantas medicinais.

O secretário de Saúde destaca que a prática de atividades físicas ajuda no combate ao câncer de mama: "Incluir exercícios físicos ao longo da rotina faz bem ao organismo e ajuda no combate ao câncer. Torna-se algo benéfico para aquelas pacientes que estão em tratamento oncológico, ajudando a reduzir também a intensidade dos efeitos colaterais da medicação".

A Academia da Saúde do Carangola fica próximo ao Posto de Saúde do bairro, assim como a do Vale do Castelo São Manoel, localizado junto à unidade de Saúde da área. As atividades nos Parques Municipais de Itaipava e do Cremerie são realizadas no interior dos parques. Para informações de dias e horários das aulas, o telefone para contato é (24) 2233-8852.

O prazo de inscrição do primeiro edital da Lei de Incentivo ao Esporte (LIE) municipal terminou com 18 instituições aptas para cadastrarem seus projetos esportivos. Neste momento, uma comissão formada por membros da secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL) está analisando a documentação de cada um desses proponentes. Após a aprovação, será aberto o período de registro das propostas. Indicação legislativa do governo interino em sua atuação como vereador, a LIE abre caminho para a manutenção e criação de projetos comunitários.

Dentro do período de 90 dias em que o edital permaneceu aberto – de julho até setembro – 64 pessoas realizaram cadastro no site da prefeitura, mas nem todos conseguiram reunir a documentação necessária para dar prosseguimento no processo. “Todos foram orientados de como devem fazer para participar do próximo edital”, explica o secretário da SEPJIL, dizendo ainda que o objetivo do governo municipal é tentar agraciar todos os que estão aptos na LIE municipal.

As propostas abrangem diversas modalidades, como o mountain bike, natação, artes marciais, crossfit, corrida de aventura e o futebol. Para estar apto, será necessário que os projetos atendam desportos: educacionais (como as escolinhas); de participação (as atividades praticadas livremente); de rendimento (que são as competições esportivas); e de formação (ou seja, a iniciação de atletas para o mundo esportivo). É vedada a utilização dos recursos para o pagamento de remuneração de atletas profissionais, em qualquer modalidade esportiva.

A lei abre caminho para a manutenção e criação de projetos comunitários, especialmente em áreas de maior vulnerabilidade social, que contribuam para a formação e o desenvolvimento de crianças e adolescentes e para melhoria da qualidade. Pessoas físicas e jurídicas podem direcionar até 50% do valor do IPTU e 30% do ISSQN para o custeio dessas atividades.

"Os impostos já são pagos, o que vai acontecer é um direcionamento para os projetos esportivos”, explica o governo interino. “É mais uma forma de fomentar a prática esportiva dentro do nosso município Aquelas pessoas e empresas que já financiam projetos vão encontrar ainda mais facilidade. A lei garante a manutenção de vários projetos e estimula a criação de outros, novos, de diversas modalidades", conclui.

Em caso de dúvidas, o proponente deve procurar a equipe da Secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), que fica na Praça Visconde de Mauá, no Centro, de 9h às 17h.

A prefeitura, através da secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), abriu inscrições hoje (06/10) para novos alunos em quatro modalidades no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, no Caxambu. Serão formadas turmas de até 20 jovens, divididos por gênero, entre 14 e 17 anos, no vôlei, basquete, handebol e futsal - apenas o feminino, já que no masculino o bairro é atendido pelo projeto Transformando Vidas Pelo Esporte, da Liga Petropolitana de Desportos (LDP). Os interessados podem se cadastrar através do telefone 2233-1218.

As aulas acontecem no período da tarde, sendo que o vôlei será às segundas e quartas, assim como o basquete. O handebol será realizado às quartas e sextas no feminino e as sextas no masculino. O futsal acontece às terças e quintas-feiras. Assim que as turmas estiverem formadas, as atividades terão início, como explica o governo interino.

"O CIE é o principal ginásio público do nosso município e será usado no fomento a prática esportiva, especialmente, entre os jovens. Dessa maneira, promovemos saúde, bons hábitos, além de tirarmos das ruas as crianças e adolescentes. É importante ressaltar que as inscrições são para toda a cidade, não apenas para os moradores do Caxambu", destacou.

Além dessas turmas, no CIE acontecem as aulas do Agita Petrópolis, com ginástica, dança e alongamento para adultos, o Transformando Vidas Pelo Esporte, organizado pela LPD, e a comunidade conta também com um horário para o futsal adulto masculino, atendendo a um desejo antigo dos moradores do Caxambu.

"Queremos que a população ocupe as quadras e espaços para esporte e lazer. Dessa maneira, estamos promovendo saúde, prevenindo doenças, proporcionando qualidade de vida e bem-estar. Por conta disso, estamos reformando uma série de espaços como no Siméria, Bela Vista, Posse e Bataillard", explica o secretário da SEPJIL.

A praça de Cascatinha recebe o Festival das Comunidades no próximo domingo, dia 10 de outubro. A partir das 14h, a equipe da secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL) vai realizar uma série de atividades como recreação infantil, alongamento, dança e futebol. Neste dia, o festival será parte da programação do "Praça do Bem", um projeto da Polícia Militar em parceria com a prefeitura. A ação será realizada seguindo todos os protocolos vigentes de segurança contra a Covid-19.

"Vamos aproveitar a estrutura da praça, que conta com aparelhos de ginástica e a quadra, para realizarmos as atividades", explica o governo interino, ressaltando os esforços do poder público para realizar melhorias nas quadras comunitárias por toda a cidade.

"Realizamos melhorias nas quadras do Bela Vista, Siméria, Posse e Bataillard. Reformamos por completo na Comunidade do Alemão e Vila São José. Na Oswaldo Cruz a obra está muito adiantada e vamos fazer em mais locais", garantiu o governo interino.

Em 2021, o Festival das Comunidades já foi realizado nas quadras comunitárias do Atílio Marotti, Moinho Preto (Vila São Francisco), Vila Rica, Bela Vista, 24 de Maio e no Duques. É uma atividade itinerante, que acontece por toda a cidade, e que abre espaço para crianças e adolescentes participarem e mostrarem seus talentos. Nesta edição, o programa será parte do projeto "Praça do Bem".

"A parceria com a Polícia Militar vai nos ajudar a tirar o jovem das ruas. Queremos influenciar positivamente na formação dessas crianças e mostrar que através do esporte mesmo com dificuldade, atravessamos barreiras", ressaltou o secretário da SEPJIL.

O secretário de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL) esteve reunido com o vice-presidente da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), Radamés Lattari, buscando trazer projetos que ajudem o fomento da modalidade em Petrópolis. O encontro, realizado na manhã desta quarta-feira (29/9), teve como objetivo principal debater o retorno do Viva Vôlei – programa mantido pela CBV – para o município.

A ideia inicial é que sejam instalados dois núcleos do projeto: um no Centro de Iniciação ao Esporte, no Caxambu, e outro na Escola Municipal Fábrica do Saber, na Estrada da Saudade. O Viva Vôlei é um programa de iniciação ao voleibol cuja diretriz é educar e socializar meninos e meninas de sete a 14 anos através do esporte. Petrópolis já contou com um núcleo do programa em 2014.

“Através do esporte, podemos mudar a realidade de muitas crianças e adolescentes do nosso município. O vôlei é um esporte que vem crescendo e tem um grande apelo entre os mais jovens. Além disso, ter como parceiro a CBV é um grande motivo de orgulho para todos nós”, disse o secretário da SEPJIL, lembrando ainda que o governo interino recebeu, em março desse ano, o ex-jogador Marcelinho Elgarten, que deu início a intermediação para a vinda do programa para Petrópolis.

Existe ainda uma outra proposta, que seria o “Seleção do Viva Vôlei”, que aconteceria através da Lei de Incentivo ao Esporte. Outras possibilidades também foram discutidas para Petrópolis. O coordenador do Viva Vôlei, Marco Aurélio Gonçalves, destacou o interesse do município em receber o programa.

“Juntos podemos trabalhar no fomento da modalidade. Petrópolis é uma cidade importante no cenário estadual e esse interesse da prefeitura no Viva Vôlei facilita bastante as coisas. A gente espera que essa parceria seja longa e que traga reflexos positivos para a cidade como um todo”, disse Marco Aurélio.

O Viva Vôlei está presente em todas as regiões do Brasil. Atualmente, são mais de 70 núcleos em atividade, atendendo à cerca de vinte e cinco mil crianças e adolescentes de comunidades carentes em 17 estados brasileiros, gerando cerca de trezentos e cinquenta empregos diretos e indiretos.

"O esporte é uma ferramenta de transformação social e de promoção da saúde. Trabalhos assim incentivam a retirada de crianças e jovens das ruas e como consequência traz a descoberta de novos atletas. Para o nosso município, será ótimo", concluiu o secretário da SEPJIL.

No Dia Mundial do Coração, celebrado nesta quarta-feira, 29 de setembro, o Secretário de Saúde acompanhou as aulas do Programa Agita Petrópolis no núcleo do Itamarati. Ele, que é médico cardiologista, conversou com os alunos na Paróquia São José do Itamarati, local onde acontecem as aulas, sobre os cuidados que devem ser tomados com as doenças cardiovasculares. O núcleo do Itamarati possui ao todo cerca de 125 alunos.

“Parabenizo os alunos do Agita Petrópolis, porque a atividade física é uma das formas de prevenir as doenças cardiovasculares. Além disso, não fumar, evitar o consumo excessivo de gorduras e bebidas alcoólicas, e evitar o estresse são outras maneiras de cuidar da saúde do coração”, disse o secretário de Saúde, lembrando que é importante fazer um check-up do coração ao menos uma vez por ano.

Os exercícios buscam combater o sedentarismo com atividades gratuitas nos bairros do município. São 20 núcleos do programa presentes na cidade. Em uma hora de aula, são promovidas atividades que desenvolvem a elasticidade e melhoram a habilidade articular, além de retirar as tensões dos músculos e a sobrecarga nas articulações.

“Convidamos o secretário de Saúde para nos fazer uma visita e ele prontamente aceitou. Queremos alertar as pessoas sobre os cuidados com as doenças cardiovasculares e a importância da realização de atividades físicas. Vai muito além da saúde. Oferece mais qualidade de vida”, disse o disse o secretário da SEPJIL, lembrando que em outubro também será inaugurado mais um núcleo em Corrêas.

Os interessados em participar das atividades do Agita Petrópolis podem entrar em contato pelo telefone (24) 2233-1218 para mais informações.

De 9h às 16h serão oferecidas atividades físicas e orientações a população sobre as doenças cardiovasculares

No Dia Mundial do Coração – celebrado amanhã (29/9) – a Prefeitura de Petrópolis leva até a Praça D. Pedro, uma programação gratuita com atividades físicas e orientações com intuito de conscientizar a população sobre os problemas cardiovasculares. De 09h às 16h, equipes da Áreas Técnicas da secretaria de Saúde, do Samu, e da secretaria de Esporte, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL) estarão no local atendendo o público que passar pela praça.

"Nossas secretarias estarão atuando em conjunto para orientar a população nesse dia. Praticar alguma atividade física pode prevenir problemas cardiovasculares, além de ser importante para a saúde como um todo e bem-estar”, disse o governo interino, destacando ainda que em breve a prefeitura vai lançar uma campanha para incentivar a prática da atividade física, através da secretaria de Saúde.

Logo cedo, às 09h, será realizado um aulão com os professores do programa Agita Petrópolis. Os profissionais irão permanecer o dia todo no local ensinando dicas de exercícios que podem ser feitos em casa ou em locais públicos, como praças ou parques. Segundo o secretário da SEPJIL, o objetivo é conscientizar a população da importância da prática da atividade física.

"Esporte é promoção da saúde. É uma forma de prevenir doenças. E as pessoas podem começar com uma simples caminhada. Nossa equipe vai estar na Praça Dom Pedro justamente orientando a população da importância da prática da atividade física regular", disse.

Além disso, quem passar pela praça, poderá verificar a pressão arterial e glicose e receberá um treinamento de primeiros socorros oferecido pelo SAMU. Além disso serão oferecidas orientações sobre alimentação saudável com nutricionista, como parar de fumar, dicas de exercícios que podem ser feitos em casa ou em locais públicos e indicações em saúde para a população LGBTQPIA+.

O secretário de Saúde é médico cardiologista. Ele fala da importância de conscientizar as pessoas sobre as doenças cardiovasculares: “Temos que falar para as pessoas sobre as formas de evitar o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, os principais fatores e como mudar os hábitos para levar uma vida saudável. Precisamos orientar e educar a população sobre as doenças. Principalmente para as pessoas que sofrem com o infarto, causando 30% na morte de pessoas que sofrem o ataque cardíaco”.

Os principais fatores de risco para eventos cardiovasculares são: hipertensão, diabetes, dislipidemia (níveis elevados de gordura no sangue), histórico familiar, estresse, tabagismo, obesidade, sedentarismo e doenças da tireoide.

A edição do Festival das Comunidades deste sábado (25/9) foi realizada com as crianças e adolescentes do Bela Vista. Além de atividades de recreação e de incentivo a prática esportiva, o governo municipal prestou homenagem a um morador da localidade. A quadra comunitária ganhou o nome de José Marinho e vai atender, em breve, aos alunos da Escola Paroquial São Francisco de Assis. O espaço também foi reformado pela prefeitura, com a instalação de telas e a pintura do piso.

Segundo a diretora da Escola Paroquial São Francisco de Assis, a reforma da quadra vai ajudar bastante a comunidade. "Esse era um espaço que não tinha tela. Imagina o perigo que era? Agora está muito bonita. A comunidade vai poder usar bastante, principalmente os jovens", disse.

O secretário de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL) destacou o trabalho itinerante do Festival das Comunidades, promovendo o esporte em todo o município. Neste ano, o programa também já foi realizado no Atílio Marotti, Moinho Preto (Vila São Francisco), Vila Rica, 24 de Maio e no Duques.

"Aproveitamos as estruturas que já existem nos bairros para realizarmos o Festival. Queremos promover saúde e qualidade de vida. Podemos ajudar na formação dessas crianças e mostrar que no esporte superamos barreiras", completou o secretário da SEPJIL.

A prefeitura, através da Secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), realiza amanhã (25/9) mais uma edição do Festival das Comunidades, desta vez, no Bela Vista. Serão realizadas atividades diversas como recreação infantil, alongamento e futebol. A programação acontece das 9h às 12h e será acompanhada por profissionais de educação física e estagiários. A ação será realizada seguindo todos os protocolos vigentes de segurança contra a Covid-19.

A realização do Festival das Comunidades também vai marcar a denominação da quadra comunitária do Bela Vista. A prefeitura irá homenagear José Marinho, antigo morador da localidade. Além disso, assim como diversas outras quadras de esportes do município, a do bairro foi recentemente recuperada pela prefeitura.

"O objetivo do Festival é estimular a prática de atividade física nas comunidades, em especial, entre as crianças e adolescentes. No Bela Vista, será uma edição bastante especial, já que estaremos entregando uma quadra totalmente reformada para a população. Ainda terá uma homenagem a José Marinho, um morador que tanto fez pelo bairro", disse o governo interino.

Em 2021, o Festival das Comunidades já foi realizado nas quadras comunitárias do Atílio Marotti, Moinho Preto (Vila São Francisco), Vila Rica, 24 de Maio e no Duques. É uma atividade itinerante, que acontece por toda a cidade, e que abre espaço para crianças e adolescentes participarem e mostrarem seus talentos.

"Aproveitamos as estruturas que já existem nos bairros para realizarmos o Festival. Queremos influenciar positivamente na formação dessas crianças e mostrar que através do esporte mesmo com dificuldade, atravessamos barreiras", ressaltou o secretário da SEPJIL.

Pagina 3 de 113