Sexta, 27 Dezembro 2019 - 15:26

Comdep e SSOP: força tarefa pós-Natal

Para garantir a limpeza da cidade no período pós-Natal, as equipes da SSOP e Comdep estão atuando em todas as regiões do município no recolhimento de lixo, entulho e limpeza das ruas. A força tarefa vai continuar na semana e o mesmo trabalho será feito após o réveillon. O reforço ocorre por conta da quantidade maior de lixo descartado pelas famílias após as festas de Natal.

A fiscalização a entulhos continua normalmente – o despejo de restos de obras, mato, móveis e eletrodomésticos sobre ruas e calçadas é proibido pelo Código de Posturas do município. A destinação correta é levar o material para o aterro de Pedro do Rio. Quem for flagrado cometendo a irregularidade é intimado a fazer a remoção imediata e recebe multa de R$ 800.

A população pode ajudar a coibir o descarte irregular de entulho denunciando os casos para a Fiscalização de Posturas pelo telefone 2246-9042 e para a Comdep pelo 2292-9500. A Fiscalização de Posturas irá ao local para identificar os responsáveis pela irregularidade.

A Comdep oferece o serviço de recolhimento gratuito de até 20 sacos de entulho por meio do serviço Disque Entulho – os agendamentos podem ser feitos pelo telefone 2243-7822.

Estande mostra artigos de artesanato com tema japonês feitos a partir de reciclagem e apresenta material informativo sobre coleta seletiva

 

O festival da cultura japonesa também abre espaço para tratar da reciclagem dos resíduos sólidos. Durante os dias do Bunka-sai, a Comdep repete ação já desenvolvida em outros grandes eventos da cidade e mantém um estande dentro do Palácio de Cristal. No espaço, o público encontra artigos de artesanato com alusão ao país asiático feitos com materiais reaproveitados. Além disso, os visitantes podem obter informações sobre a coleta seletiva.


No estande, há vários cartazes explicando sobre o tempo de decomposição de diferentes tipos de materiais, além de dicas sobre como ter um estilo de consumo mais sustentável e como fazer a coleta seletiva. Em Petrópolis é possível levar o lixo inorgânico para o Ecoponto e, assim, conseguir descontos na conta de luz.


“O que é legal é que, além do lado educacional que a gente desenvolve e do reaproveitamento dos resíduos sólidos, também tem a valorização dos artesãos. Temos uma equipe que sempre está junto da Comdep incentivando e apoiando este trabalho de divulgação do artesanato. O acolhimento com toda a equipe da organização da festa permitiu uma integração muito grande. Essa união foi fundamental para esse sucesso”, avalia a coordenadora de eventos da Comdep, professora Jussara Justen, que também é responsável pela educação ambiental da empresa.


Durante o período do evento, o pessoal que trabalha no Centro de Reciclagem de Cascatinha e no Ecoponto do bairro Mosela se reveza para recepcionar o público. Além disso, o grupo “Dobraduras da Serra”, que trabalha com origamis, também está junto da Comdep no trabalho durante o Bunka-sai.


“É muito interessante, muito proveitoso. Nosso grupo já trabalha com origamis há 10 anos e essa foi uma oportunidade de se juntar com o pessoal da reciclagem para fazer algumas peças e divulgar nosso trabalho. Nosso grupo ficou feliz de estar aqui junto”, afirmou a artesã Neidyr Maria de Souza.


A Comdep já teve estandes para falar de coleta seletiva e reciclagem em eventos como a Expo Petrópolis e a Bauernfest. Ao longo do ano, a empresa já deu apoio a mais de 30 eventos.


No Bunka-Sai a equipe da Comdep fez a montagem e pintura de todas as barracas, além de garantir ligação de água e a pintura em ruas do entorno do Palácio de Cristal. Nos dias de festa, a Companhia vai manter o efetivo que já trabalha próximo a região do ponto principal da celebração e reforçar a limpeza dentro do local.


 



Materiais reaproveitáveis e o óleo de cozinha usados na festa serão recolhidos

Mais uma vez a Comdep vai aproveitar a presença de grande público para tratar de um assunto importante no município: a coleta seletiva e a reciclagem. Durante a 30ª Bauernfest, a Companhia manterá um estande no Palácio de Cristal com exposição de peças de artesanato e outros produtos confeccionados a partir do reaproveitamento de materiais, além da divulgação de informações sobre o trabalho de coleta seletiva no município e a importância da reciclagem para o planeta.

Além disso, a Comdep fará a coleta diária do material reciclável gerado durante a Festa do Colono Alemão. O Palácio de Cristal terá coletoras voltadas especialmente para o depósito de resíduos que podem ser reaproveitados e ainda irá distribuir recipientes para os barraqueiros fazerem o descarte do óleo de cozinha usado durante o evento.

Assim como aconteceu na Expo Petrópolis, a Comdep vai reunir pelo menos cinco artesãos para mostrarem os trabalhos que eles já fazem, como a estilista Juliana Pinto, que transforma o pano de sobrinha em um casaco impermeável, e artesão Oseas Siqueira, usa latinhas de bebidas e de alimentos, tampinhas de garrafa e outras embalagens para fazer brinquedos simples – bonequinhos, animais, vasos de plantas. Os dois estiveram também em outro evento onde o estande funcionou, a Semana de Meio Ambiente na empresa GE Celma, semana passada.

“São pessoas que fazem um trabalho maravilhoso reaproveitando o que normalmente nós jogamos no lixo, e mostram que é possível ter um outro olhar para esses materiais. O trabalho deles poderá ser visto mais uma vez durante a Bauernfest”, conta o diretor técnico-industrial da Comdep, Carlos Alberto Salgueiro. O estande funcionará todos os dias da Bauernfest até às 23h.

A cidade possui três programas de coleta seletiva: “Porta a Porta”, que faz o recolhimento em alguns bairros da cidade de segunda a sexta; “coleta eventual”, que atua no Centro, em Araras e em Corrêas sob demanda; e os ecopontos da Mosela, de Itaipava e do Quitandinha, onde a entrega de materiais recicláveis gera descontos na conta de luz.

Serviço será iniciado nesta quinta-feira (06.07) com o replantio de grama e mudas


A Comdep inicia nesta quinta-feira (06.07) a reforma da jardinagem no entorno do Palácio de Cristal. O serviço acontece após a 28ª Bauernfest, onde passaram mais de 320 mil pessoas em seus 10 dias de evento. Com o fim da festa do colono alemão, o espaço começa a receber novas mudas de plantas e o replantio de grama, sempre seguindo as normas do Iphan, pois o espaço é tombado.  As melhorias também irão acontecer na Praça da Liberdade a partir de segunda-feira (10.07).


Com 113 anos, o Palácio de Cristal é um dos prédios mais importantes para a cultura e turismo da Cidade Imperial.  Construído na França, atendendo a uma encomenda do Conde d'Eu, marido da princesa Isabel, o palácio foi desmontado e trazido para Petrópolis, onde foi reconstruído. Por mês, o espaço recebe mais de 30 mil visitantes encantados por suas transparências e jardins.


Antes do evento, a equipe de jardinagem já havia realizado o plantio de mais de 250 mudas. O objetivo da ação foi deixar o Palácio de Cristal ainda mais bonito para receber os petropolitanos e turistas que passaram pela festa.

 

O Palácio de Cristal funciona de domingo a terça-feira de 9 às 18h. Já de quarta a sábado, quando o movimento do atrativo é maior, o espaço funciona até às 21h.

Quinta, 16 Agosto 2018 - 18:42

Comdep faz capina com miniescavadeira

Além da capina manual, a Comdep vem realizando o serviço de outra forma: com auxílio de uma miniescaveira. O trabalho é focado na capina de ruas, podendo agilizar o serviço, enquanto calçadas recebem a atuação com roçadeiras. Nesta quinta-feira (16.08), por exemplo, a máquina Bobcat passou pelas ruas Uruguai e Niterói, ambas no Quitandinha.

O serviço já aconteceu em outras ruas como Bolívia, Colômbia (Quitandinha) e Miguel Detsi (Morro dos Milionários, Centro) só no mês de agosto.

É mais uma forma de fazer esse serviço e poder agilizar o atendimento dos bairros. A Comdep está atendendo ruas do Quitandinha ao mesmo tempo que tem equipes com a capina com roçadeiras espalhadas em outros locais.

Nesta quinta, as equipes de capina e roçada manual estiveram na Rua Raul de Leoni, Imperatriz, Hermogênio Silva, Rua Caldas Viana, Praça da Confluência (Centro), Nelson Silva, Cidade Nova e Cruzeiro (Carangola), Professor Albert Sabin e Gastão Marques Lamunier, Ângelo João Brand (Bairro Mauá) e Estrada das Arcas (Itaipava).

Cidade bem cuidada: prefeitura trabalhando nos bairros

A Comdep também fez coleta de entulho no Morin, Vila Felipe, Oswero do Carmo Vilaça, Dias de Oliveira, Quarteirão Ingelheim, Ladeira Rocha Miranda, Campo do Serrano, Rua Gabriel Caçador e Madame Machado.

Ainda foi feita limpeza manual do Rio Palatinato em diferentes pontos da Rua do Imperador.

A varrição ocorreu em ruas de Centro, Bingen, Capela, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Retiro, Carangola, Cascatinha, Bela Vista, Estrada da Saudade, Morin, Alto da Serra, Castelânea e Quitandinha. Também foi feita limpeza após a feira livre da Praça Pasteur.

O caminhão pipa fez lavagem na Rua Teresa e em ruas do Centro Histórico.

A Secretaria de Obras fez manutenção de rede de águas pluviais na Serra Velha e na Rua Roberto Silveira, no Centro. A manutenção de calçamento ocorreu na Rua Bartolomeu de Gusmão, também no Centro. 

A manutenção de iluminação pública ocorreu na Vila Militar, Bingen, Valparaíso, Retiro, Itaipava, Cascatinha, Castelânea, Posse, Mosela, Araras e Siméria.

Trabalho é realizado dentro do Festival de Limpeza, que é promovido pelo Projeto Araras

Companhia também ministrou uma atividade sobre reciclagem com alunos da Escola Santa Bernadette

A Comdep começou nesta segunda-feira (25.09) a fazer capina e remoção de entulho de Araras dentro do Festival de Limpeza realizado no bairro. Até a próxima quinta-feira (28.09), a Companhia vai mobilizar entre 20 e 25 funcionários para o trabalho no bairro. Além disso, a empresa também ministrou um workshop sobre reciclagem em uma escola local.

O Festival da Limpeza está na 18ª edição e é promovido pela ONG Projeto Araras. Esse ano, tem como tema “Rio Araras que te quero limpo”, que chama atenção para conservação do rio. Segundo a vice-presidente do Projeto Araras, Fernanda Reis, o ponto mais importante do Festival é a participação da comunidade.

“O mais bacana é que a participação popular é o que faz diferença, com várias atividades sendo desenvolvidas por voluntários e com os moradores apontando quais são as necessidades do bairro. A Comdep e a Águas do Imperador são nossos parceiros e nós apresentamos para eles um relatório detalhado do que os moradores consideram que o bairro precisa. É esse planejamento que está sendo executado agora”, disse Fernanda Reis.

Dentro mutirão de limpeza, a Águas do Imperador vai fazer a retirada de folhagem, pedras e lixo que atrapalham o curso da água. Em seguida, a Comdep faz o recolhimento de todos os resíduos. Esse trabalho foi iniciado na região chamada de “Poço dos Peixes”. Já a capina e a remoção de entulho tiveram início pelo Malta e pelo Vista Alegre. Esses locais ainda receberam varrição.

Todos os anos o Projeto Araras chama a Comdep para realizar a limpeza do bairro nesta mobilização e mais uma vez estamos nos fazendo presentes. Nós já fazemos esses serviços ao longo do ano, mas estamos juntos dos moradores nesta união para promover melhorias para toda região.

O Festival da Limpeza tem o objetivo de levantar o debate sobre o de despejo de lixo e esgoto no rio e discutir o tratamento de esgoto na região. A programação ainda inclui palestra sobre o Rio Araras, com o biólogo Sérgio Escarlate, a recomposição dos jardins do posto da Polícia Militar (realizado com ajuda de voluntários) e exibição de curtas metragens sobre meio ambiente, entre outras atividades. A ideia é mobilizar a comunidade para estas questões – enquanto os moradores participam das discussões, os estudantes recebem o conteúdo de educação ambiental.

Na última sexta (22.09), por exemplo, a coordenadora de educação ambiental da Comdep, professora Jussara Gatto Justen, mostrou para cerca de 40 crianças de 2º e 3º anos da Escola Paroquial Santa Bernardete como é possível reaproveitar materiais.

“São alunos de mais ou menos sete e oito anos e mostramos um vídeo para elas e depois mostramos como dá para fazer reciclagem na prática. No caso deles, que são muito pequenininhos, fizemos peças de artesanato para ensinar o reaproveitamento de forma lúdica”, explicou Justen.

“Nós já trabalhamos essas questões de cuidar do meio ambiente o ano inteiro e sempre temos atividades junto com o Projeto Araras. Essa atividade com a Comdep foi ótima, a participação dos alunos foi muito boa”, disse a diretora da escola, Ana Maria Noel.

Sexta, 27 Julho 2018 - 19:29

Comdep faz capina em ruas no Quitandinha

A Comdep promoveu o serviço de capina em diversas ruas do Quitandinha ao longo da semana. Nesta sexta (27.07), o serviço ocorreu nas ruas Amazonas, Vassouras, Av. Getúlio Vargas, General Rondo e no Parque São Vicente – além da Av. Ipiranga. Antes, já tinham sido atendidas as ruas República Dominicana, México, Alfredo José Gomes e Domingo Silvério.

O trabalho foi realizado tanto com roçadeiras como com a ajuda de uma miniescavadeira (Bobcat), como aconteceu na Getúlio Vargas. No caso do Parque São Vicente, o trabalho desta sexta serviu para deixar a área da pista de voo livre pronta para a Copa Rio Serra Open, que acontece neste fim de semana e que deve receber pelo menos 30 atletas.

A Comdep tem mantido o trabalho sempre em toda cidade e no Parque São Vicente, em especial, antes dos campeonatos que são realizados por lá. Nessa época do ano, com menos chuva, o serviço é agilizado, já que o mato não cresce tão rápido.

Outro local que recebeu capina e roçada nesta sexta-feira foi a Estrada de Secretário, trabalho feito pela equipe regional da Comdep em Itaipava. O bairro também foi atendido ao longo dessa semana, com o serviço passando ainda pelo Centro de Secretário.

Cidade bem cuidada: prefeitura trabalhando nos bairros

A Comdep ainda fez remoção de entulho em Duques, Quitandinha, Estrada da Saudade, Floresta, Av. Ipiranga, Casa de Barão de Mauá, Fonseca Ramos, São Norberto, Joaquim Gomensoro, 29 de Junho, Francisco Manoel, Bingen, Capela, Duarte da Silveira, Dias de Oliveira e Castelo São Manoel.

A varrição aconteceu em ruas de Centro, Quissamã, Itamarati, Cascatinha, Retiro, Carangola, Quarteirão Brasileiro, Mosela, Valparaíso, Morin, Alto da Serra, Castelânea e Quitandinha. Também houve limpeza após a feira livre da Rua Francisco Manoel.

A Secretaria de Obras fez manutenção de rede de águas pluviais na Rua Euclides da Cunha (Castelânea) e no Carangola. Houve reparo de calçadas na Rua da Imperatriz e na Av. Roberto Silveira. A manutenção de calçamento ocorreu em Rua Carolina Justen (Vila Militar), Rua Antônio Francisco Magalhães (Bingen), Vila São Francisco (Bairro Castrioto), Rua Vitório Pereira Nunes, Rua Dr. Henrique Castrioto (Castelânea) e Rua Almirante Saldanha (Independência).

A manutenção de iluminação pública ocorreu em Chácara Flora, Retiro, Mosela, Fazenda Inglesa, Estrada da Saudade, Coronel Veiga, Araras, Vale das Videiras, Brejal, Posse e Valparaíso.

O Atílio Marotti e o Quarteirão Brasileiro receberam nesta terça-feira (29.05) remoção de 112 toneladas de entulho. Quatro caminhões, duas retroescavadeiras e 10 funcionários fizeram a limpeza dosdois locais. O serviçofoi realizado em 55 ruas ou locais de 19 bairros neste mês de maio pela Comdep.

Só neste mês, a empresa fez o serviço em Alto da Serra, Bingen, Castelânea, Centro, Duarte da Silveira, Estrada da Saudade, Independência, Madame Machado, Morin, Nogueira, Quarteirão Brasileiro, Quarteirão Ingelheim, Quitandinha, Retiro, Roseiral, São Sebastião,Taquara, Valparaíso e Vila Rica.

Esse trabalho da coleta de entulho é feito tanto pela Comdep, com pessoal e equipamentos próprio, quanto pela Secretaria de Serviços, coordenando funcionários e maquinário da Força Ambiental. Vale lembrar que o despejo de entulho, ou seja, restos de obras, mato, móveis e eletrodomésticos velhos, em ruas e calçadas, é proibido e quem for flagrado está sujeito a multa.

O despejo de restos de obras, mato, móveis e eletrodomésticos e de lixo sobre ruas e calçadas é proibido pelo Código de Posturas do município. A destinação correta é levar o material para o aterro de Pedro do Rio. Quem for flagrado cometendo a irregularidade é intimado a fazer a remoção imediata e recebe multa de R$ 800. A população pode ajudar a coibir o descarte irregular de entulho denunciando os casos para a Fiscalização de Posturas pelo telefone 2246-9042.

Quem tem dificuldade de fazer o descarte correto conta com o Disque Entulho, que faz a coleta até 20 sacos de resíduos volumosos de forma gratuita a partir de agendamentos pelo telefone 2243-7822. Apesar de possuir rotas fixas de segunda a sexta, os moradores de qualquer bairro podem pedir atendimento (os locais fora do cronograma serão atendidos de acordo com a disponibilidade).

Cidade bem cuidada: prefeitura trabalhando nos bairros

A Comdep ainda fez capina e roçada em Cristóvão Colombo (Castelânea), Adão Brand, Franklin Roosevelt (São Sebastião), Bolívia (Quitandinha),Estrada Bernardo Coutinho (Araras), Vila do Sossego,Siméria, Floresta, Dr. Thouzet, Bairro Esperança, Quarteirão Brasileiro e Taquara.

A varrição ocorreu em Centro, Quissamã, Itamarati, Cascatinha, Retiro, Quarteirão Brasileiro, Mosela, Bingen, Morin, Alto da Serra, além da feira livre da Rua Souza Franco, no Centro. 

A Secretaria de Obras fez manutenção de rede de águas pluviais em Rua João Barcelos (Itamarati), Rua Antônio Machado (Centro), Servidão Antenor de Oliveira (Vale do Carangola), Rua Carlos Tyll (Samambaia) eRua Frederico Noel (Vila Militar). A Rua Antônio Machado também recebeu desobstrução de ralos, assim como a Av. Koeler e a Rua Teresa. Na Posse e no Meio da Serra, houve manutenção de calçamento.

A manutenção de iluminação pública aconteceu em Carangola, Mosela, Caxambu, Alto da Serra, Independência, Sargento Boening, Castelânea, Morin, Retiro e Valparaiso.

Assim como já fez em outros grandes eventos, a Comdep aproveita a Bauernfest para realizar ações conscientização sobre a reciclagem e a coleta seletiva no município. Uma barraca funciona durante todo o horário da Festa do Colono Alemão para dar informações sobre o tempo de decomposição de materiais e orientar os visitantes sobre como é possível obter descontos na conta de luz com o que pode ser reaproveitável. Também há exposição de peças de artesanato criados a partir de reaproveitamento.

Esses artigos são feitos por artesãos da cidade que aproveitam materiais coletados e separados pela Comdep. Cineia Wendling é uma das pessoas que fizeram produtos que estão expostos na barraca. Ela conta que aproveita caixas de papelão para fazer embalagens para presentes flores que iam ser jogadas no lixo e transforma em novos vasos e tiaras – um dos itens que marcam o vestuário típico de quem vai à Bauern.

“Essa barraca é a coisa mais importante. Muitas enchentes acontecem por causa do lixo que é jogado de forma incorreta em qualquer lugar. É muito importante conscientizar as pessoas, especialmente as crianças, porque quando a informação chega até elas, ela é levada para os adultos”, disse Cineia.

Na barraca estão expostos vasos feitos com peças de cerâmica que quebraram, tampas de garrafas, latas de alimentos, embalagens de suco. De um rolo de linha para costura nasce uma boneca toda enfeitada.

“Por aí dá para ver que uma coisa que iria para o lixo pode ser transformar em algo muito bonito”, ressalta a funcionária da Comdep, Rosane Oliveira (ela trabalha no Ecoponto da Mosela e está na barraca em alguns horários da Bauern).

O espaço também tem lixeiras destinadas para o descarte de materiais que podem ser reaproveitáveis – vidro, papel, papelão, alumínio, plástico. Todos esses materiais, utilizados com frequência no dia a dia de cada pessoa, podem levar centenas de anos para se decompor e poluir o ambiente.

Para evitar isso, é possível fazer a coleta seletiva levando os materiais para o Ecopontos do município, na Mosela e no Parque Municipal de Itaipava. Com isso, é possível se cadastrar com uma conta de luz e obter descontos que são calculados no momento da entrada dos materiais.


Serviço foi realizado pela autarquia nesse domingo (19.02) e ainda passou pela Praça Alcindo Sodré e Rua do Imperador.

A Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) fez a retirada de uma palmeira de 22 metros da Praça Osvaldo Cruz, na Montecaseros, na manhã desse domingo (19.02). A equipe realizou também a poda de galhos na Praça Alcindo Sodré (esquina das ruas do Imperador e Paulo Barbosa) e na Monsenhor Bacelar, no Valparaíso. Esse trabalho foi feito para melhorar as condições dos motoristas, já que algumas placas de trânsito estavam ficando escondidas pelo crescimento dos galhos.

A retirada da palmeira envolveu sete funcionários, um caminhão com braço hidráulico e durou cerca de 1h30. A árvore já estava morta e com risco de queda, principalmente da parte mais alta. Além do laudo produzido pela Secretaria de Meio Ambiente (emitido no dia 18 de janeiro), a remoção da árvore também teve autorização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), já que a praça é tombada pelo órgão. A permissão foi dada dia 06, com a recomendação de que seja replantada outra no lugar em até 30 dias e que a nova planta seja maior que 1,70m.

Nesse ano, a Comdep já fez nove remoções de árvores e 38 podas, todas com laudo técnico da Secretaria de Meio Ambiente. O trabalho é feito preferencialmente aos domingos para não atrapalhar o trânsito.

“Todos os cortes e podas de árvores são realizadas pela Comdep após autorização da Secretaria de Meio Ambiente. Fora deste contexto, nós fazemos a limpeza das ervas de passarinho, que é uma forma de fazer a prevenção para queda dos galhos”, explica o presidente da Comdep, Wagner Silva.

Dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente mostram que, por dia, acontecem pelo menos dois novos pedidos de corte ou poda de árvores. “Buscamos atender prioritariamente os casos de emergência, como foi o caso na Praça Oswaldo Cruz, em que a árvore estava com o risco claro de desabar”, disse o biólogo da Secretaria de Meio Ambiente, Ives Jaensch.

“Através do telefone 2233-8177, é possível solicitar a vistoria. É importante estar atento aos troncos das árvores, se apresentam algum tipo de alteração ou rachadura, para informar a nossa equipe”, explicou.

Pagina 8 de 44