Construção da ponte, que cedeu com uma chuva em janeiro, está orçada em R$ 87 mil.

A Secretaria de Obras iniciou nesta segunda-feira (20.02) o procedimento para contratar uma empresa para reconstruir a ponte que liga o Rocio à Fazenda Inglesa. O resultado sairá após o Carnaval com previsão da intervenção ser iniciada na segunda quinzena de março. A conclusão acontece em 60 dias. Essa ponte cedeu após uma chuva em janeiro, o que impede a passagem veículos maiores e do ônibus escolar. A recuperação dessa ponte está orçada em R$ 87 mil.

“Essa é uma obra importante para os moradores daquele local. Sabemos das dificuldades que os moradores estão enfrentando por causa desse problema e estamos trabalhando o mais rápido que podemos para dar novamente o conforto para essa comunidade”, disse o prefeito Bernardo Rossi.

A obra inclui remoção do que restou da estrutura em pavimentação e sustentação da ponte e execução de nova composição da passagem. O secretário de Obras, Ronaldo Medeiros, explicou que o trâmite burocrático foi superado e a expectativa de entrega da obra. “A intervenção até é rápida, mas depois é necessário esperar o concreto secar, e isso é o mais demorado”, esclareceu o secretário.

Em uma reunião realizada na noite desta quinta-feira (14.10) o governo interino divulgou que o Programa Acelera Petrópolis vai acontecer na primeira semana de novembro no bairro Corrêas. O anuncio foi feito aos cinco presidentes de associações moradores (Bairro da Glória, Castelo São Manoel, Bonfim, Estrada Mineira e Corrêas) presentes ao encontro, junto com o vereador Eduardo do Blog (Republicanos).

“A organização e união dos presidentes das associações de moradores é um exemplo. Corrêas só ganha com essa ação. Vamos estar aqui com o Programa Acelera Petrópolis no início de novembro e atender as demandas apontadas pelos moradores. Quero que o governo municipal esteja presente em todos os bairros e distritos, próximo das comunidades”, aponta o governo interino.

A coordenadora especial de Articulação Institucional falou sobre a importância do programa para Corrêas e demais bairros da cidade. “Com a junção de vários serviços, o Programa Acelera Petrópolis atende de forma rápida e funcional as demandas dos bairros. Em Corrêas não será diferente”, disse ela, que também fez um desafio para que os presidentes das associações possam estimular programas de hortas comunitárias. “É a certeza de ter alimento de qualidade na mesa de muita gente”, completa.

As intervenções de melhoria de pavimentação por toda a cidade, que incluem mais de 60 ruas, já somam 22km de vias recuperadas.

O trabalho de recuperação viária, que acontece dentro do programa Acelera Petrópolis, agora está em execução da rua Saldanha Marinho, que conecta a praça Pasteur às Duas Pontes. Nesta terça-feira (28) teve início o trabalho de fresagem, que prepara o piso para a aplicação da camada de asfalto quente. Desde o início do programa, no dia 3 de julho, foram asfaltados 22km em vias públicas na cidade. Ou seja, metade do que está previsto no programa, que inclui mais de 60 ruas.

“Estamos avançando rápido com as melhorias que há muito tempo eram esperadas pela população. Esta é uma via de grande movimento, que dá acesso à Castelânea, Sargento Boening e Alto da Serra e serve de desafogo para o trânsito na Coronel Veiga. São obras que geram impacto positivo no dia-a-dia da cidade, na mobilidade urbana. Já avançamos com o asfalto no Bingen, no Centro, em Nogueira, Itaipava, Morin, Alto da Serra e Castelânea. Ainda seguiremos pelo Siméria, Quitandinha, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Sargento Boening e Valparaíso”, ressalta o governo interino.

Segundo o secretário de Obras que acompanhou os trabalhos na manhã de hoje, o objetivo é iniciar a aplicação da nova camada de asfalto na Saldanha Marinho ainda nesta terça-feira. “Concluímos a Coronel Albino Siqueira, a Cardoso Fontes e a Napoleão Esteves em poucos dias. A partir da Saldanha Marinho, o trabalho ainda se estenderá pela Washington Luiz até o Centro. Esse é um serviço que acontece em paralelo ao que vem sendo realizado no Alto da Serra, onde já foram asfaltas as ruas Teresa, Vereador Arnaldo de Azevedo e Padre Feijó”, destaca o secretário de Obras.

Servidões e ruas do Morin recebem asfalto novo

No Morin, o trabalho de recuperação viária do Acelera Petrópolis, com aplicação de piso CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), material que está sendo colocado com recursos do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento - Finisa, da Caixa Econômica Federal - CEF, além de recursos do próprio município, ocorre não apenas nas vias principais de acesso ao bairro, mas também nas servidões. Estão incluídas no trabalho as ruas: Pedro Ivo, Augusto Severo, Amilton Reis, e Amaro Soares Esteves.

Mais de 22km já concluídos

Em Nogueira, o trabalho incluiu os 1,6km da Rua Promenade, um trecho de 1,7km da Estrada do Calembe. Além da rua Belo Horizonte (750m), rua Dr. Bina (350m) e rua Padre Correa Lima. Foram quase 6km de ruas asfaltadas. No Bingen, a pavimentação incluiu a rua Dr. Paulo Hervê, um dos principais acessos à cidade, e rua Dr. Henrique Cunha (400m), a avenida Lúcio Meira e as Ruas Luiz Winter (350m) e João Xavier (2,7km), totalizando quase seis quilômetros de pavimentação nova. O trabalho também foi executado na avenida Koeller, no Centro Histórico, e na estrada do Catobira (Itaipava).

Em toda a cidade serão mais de 60 ruas (44km). A secretaria de Obras, iniciou o trabalho no dia 13 de julho. A Rua João Xavier recebeu 2,7 quilômetros de piso CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), material que também foi aplicado em pouco mais de 500 metros da Rua Luiz Winter, 500 metros da Avenida Lúcio Meira e 1,1km da Rua Dr. Paulo Hervê.

Na última semana, foram concluídas também as melhorias na rua Joaquim Agante Moço que, junto com a rua Desembargador Luiz Antônio Severo, se torna uma alternativa para os motoristas no trecho de Itaipava, onde acontecem as obras do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT. “São mais de 6km. Um trabalho que também inclui o recapeamento asfáltico em algumas servidões do Morin e também um trecho das Duas Pontes e ruas Washington Luiz e Nelson de Sá Earp (no centro). Também começam agora os trabalhos no Alto Pedro Ivo, na rua Eugênio Werneck e rua Bela Vista, no Morin”, informa o subsecretário de Obras.

As intervenções de melhoria de pavimentação por toda a cidade, que incluem mais de 60 ruas, já somam 25 km de vias recuperadas

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras, deu início nesta semana ao trabalho de recuperação viária, que acontece dentro do programa Acelera Petrópolis, da Rua Washington Luís, no centro. Um trecho de pouco mais de 650 metros da via de acesso à rua do Imperador recebe o trabalho de fresagem e aplicação da nova camada de asfalto CBQU (Concreto Betuminoso Usinado a Quente), o asfalto quente. A via vai conectar o trecho recém pavimentado da rua Saldanha Marinho à principal via do Centro Histórico e se somar ao trabalho iniciado no dia 3 de julho, que já recuperou 25km em vias públicas na cidade. Ou seja, mais da metade do que está previsto no programa, que inclui mais de 60 ruas.

“Estamos trabalhando intensamente na recuperação das nossas ruas e avançando rápido com melhorias que há muito tempo são esperadas pela população. Fizemos um trabalho para pavimentar a rua Coronel Albino Siqueira, a Cardoso Fontes e a Napoleão Esteves em poucos dias. E agora concluímos a Saldanha Marinho e começamos a Washington Luiz”, lembra o governo interino, acrescentando que a próxima etapa inclui a rua Nelson de Sá Earp. "Já avançamos com o asfalto no Bingen, no centro, em Nogueira, Itaipava, Morin, Alto da Serra e Castelânea. Ainda seguiremos pelo Siméria, Quitandinha, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Sargento Boening e Valparaíso”, ressalta.

Segundo o secretário de Obras ainda serão incluídas no cronograma de intervenções o trecho da Travessa Augusto Fragoso e o bairro Siméria. “Queríamos iniciar esse trabalho ainda nesta semana, mas isso não foi possível em função da chuva. Por isso, acredito que seja possível iniciar essa pavimentação já na próxima semana, a depender das condições climáticas”, destaca.

Mais de 25km já concluídos

Em Nogueira, o trabalho incluiu os 1,6km da Rua Promenade, um trecho de 1,7km da Estrada do Calembe. Além da rua Belo Horizonte (750m), rua Dr. Bina (350m) e rua Padre Correa Lima. Foram quase 6km de ruas asfaltadas. No Bingen, a pavimentação incluiu a rua Dr. Paulo Hervê, um dos principais acessos à cidade, e rua Dr. Henrique Cunha (400m), a avenida Lúcio Meira e as Ruas Luiz Winter (350m) e João Xavier (2,7km), totalizando quase seis quilômetros de pavimentação nova. O trabalho também foi executado na avenida Koeller, no Centro Histórico, e na estrada do Catobira (Itaipava).

Em toda a cidade serão mais de 60 ruas (44km). A secretaria de Obras, iniciou o trabalho no dia 13 de julho. A Rua João Xavier recebeu 2,7 quilômetros de piso CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), material que também foi aplicado em pouco mais de 500 metros da Rua Luiz Winter, 500 metros da Avenida Lúcio Meira e 1,1km da Rua Dr. Paulo Hervê.

Na última semana, foram concluídas também as melhorias na rua Joaquim Agante Moço que, junto com a rua Desembargador Luiz Antônio Severo, se torna uma alternativa para os motoristas no trecho de Itaipava, onde acontecem as obras do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT. “São mais de 6km. Um trabalho que também inclui o recapeamento asfáltico em algumas servidões do Morin e também um trecho das Duas Pontes e ruas Washington Luiz e Nelson de Sá Earp (no centro). Também começam agora os trabalhos no Alto Pedro Ivo, na rua Eugênio Werneck e rua Bela Vista, no Morin”, informa o subsecretário de Obras.

As intervenções de melhoria de pavimentação por toda a cidade, que incluem mais de 60 ruas, já somam mais 25km de vias recuperadas.

A Prefeitura concluiu nesta semana o asfaltamento da Travessa Augusto Fragoso, no Quitandinha. Na próxima semana, o trabalho começa a ser executado na Rua Manoel Francisco de Paula, no Siméria. Desde o início de julho, mais de 25km de vias públicas foram pavimentadas por toda a cidade.

"Toda a cidade está sendo priorizada com um trabalho de qualidade. Estão previstos mais de 44km de pavimentação em mais de 60 vias. Estamos avançando rápido e, de forma eficiente, valorizando nossas ruas e garantindo avanços na mobilidade urbana, visando maior segurança e fluidez no trânsito”, destacou o governo interino.

Por meio da Secretaria de Obras, vias do Bingen, Alto da Serra, Praça Pasteur, Itaipava, Nogueira, Morin e Centro já foram beneficiadas.

Asfaltamento da Washington Luiz será concluído na próxima semana

Depois de um período chuvoso na cidade, a Secretaria de Obras retomou na noite de quinta-feira (14) o trabalho de pavimentação da rua Washington Luiz. O trecho de 650m entre a Rua do Imperador e as Duas Pontes, que vem sendo recuperado pelo programa Acelera Petrópolis, recebeu a fresagem e a aplicação da nova camada de asfalto quente. "Esse trecho se conecta com a Rua Saldanha Marinho, que já recuperamos até o ponto da Rua Coronel Albino Siqueira. Começamos esse trabalho no dia 3 de julho e já concluímos 25km em vias públicas na cidade. Ou seja, mais da metade do que está previsto no programa, que inclui cerca de 60 ruas", frisa o secretário de Obras.

Mais de 25km já concluídos

Em Nogueira, o trabalho incluiu os 1,6km da Rua Promenade, um trecho de 1,7km da Estrada do Calembe. Além da rua Belo Horizonte (750m), rua Dr. Bina (350m) e rua Padre Correa Lima. Foram quase 6km de ruas asfaltadas. No Bingen, a pavimentação incluiu a rua Dr. Paulo Hervê, um dos principais acessos à cidade, e rua Dr. Henrique Cunha (400m), a avenida Lúcio Meira e as Ruas Luiz Winter (350m) e João Xavier (2,7km), totalizando quase seis quilômetros de pavimentação nova. O trabalho também foi executado na Avenida Koeler, no Centro Histórico, e na Estrada do Catobira (Itaipava).

Em toda a cidade serão mais de 60 ruas (44km). A secretaria de Obras, iniciou o trabalho no dia 13 de julho. A Rua João Xavier recebeu 2,7 quilômetros de piso CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), material que também foi aplicado em pouco mais de 500 metros da Rua Luiz Winter, 500 metros da Avenida Lúcio Meira e 1,1km da Rua Dr. Paulo Hervê.

Também já foram concluídas as melhorias na Rua Joaquim Agante Moço que, junto com a Rua Desembargador Luiz Antônio Severo, se torna uma alternativa para os motoristas no trecho de Itaipava, onde acontecem as obras do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT. “São mais de 6km. Um trabalho que também inclui o recapeamento asfáltico em algumas servidões do Morin e também um trecho das Duas Pontes e Ruas Washington Luiz e Nelson de Sá Earp (no centro). Também começam agora os trabalhos no Alto Pedro Ivo, na Rua Eugênio Werneck e Rua Bela Vista, no Morin”, adianta o subsecretário de Obras.

O trabalho, iniciado nas Duas Pontes, deu nova pavimentação ao trecho que segue até a esquina com a Rua General Osório

A última etapa do trabalho de pavimentação com nova camada de asfalto quente (do tipo CBQU) na Rua Washington Luiz, no Centro Histórico, começa por volta das 22h desta quinta-feira (25). A obra realizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras, começou no trecho das Duas Pontes e será concluído no encontro com a Rua General Osório. Além disso, as equipes de pavimentação urbana retomam até esta sexta-feira (26) o trabalho na região do Siméria.

“A Washington Luiz é uma das vias mais importantes da cidade, que dá acesso ao Centro Histórico e merecia essa melhoria. Já no Siméria, a reivindicação dos moradores era antiga e estamos entregando por meio do Acelera Petrópolis. Em cada lugar em que acompanho esse trabalho, vejo o impacto positivo que o asfalto traz para as pessoas, especialmente onde elas aguardavam há anos”, frisa o governo interino.

Bingen, Nogueira, Itaipava, Alto da Serra, Morin e Centro já foram beneficiados pelo serviço. Ao todo, mais de 60 ruas do município receberão as melhorias. “Na Washington Luiz o trabalho já avançou ao longo da semana e resta apenas a conclusão do trecho final da via. O objetivo é chegar até o ponto onde há o encontro com a Rua General Osório, onde será concluído", informou o subsecretário de Obras.

No Siméria, será retomado o trabalho na Rua Manoel Francisco de Paula, interrompido por conta da chuva. Ao todo, serão 2,2 km de pavimentação na região até o encontro com a Olavo Bilac.

Recentemente, a Secretaria de Obras pavimentou ainda as ruas Coronel Albino Siqueira, Cardoso Fontes, Napoleão Esteves e a Saldanha Marinho (no trecho entre o Alto da Serra e as Duas Pontes). Segundo o secretário de Obras, Maurício Veiga, em dezembro as ações do asfaltamento do Acelera Petrópolis serão concentradas nas comunidades. "Nesse momento de maior movimento nas áreas centrais da cidade, que recebem mais visitantes por conta do Natal, nós iremos focar em pontos onde o impacto na mobilidade urbana será menor", ressaltou.

Regiões recebem ações nas próximas semanas, no trabalho que vem sendo realizado pela secretaria de Obras.

As ações do mutirão de serviço do programa Acelera Petrópolis levam agora melhorias a Corrêas e Nogueira. Nesta semana, trechos da estrada Mineira, da rua Vigário Correa, da rua Dr. Agostinho Goulão, rua Castro Alves, rua Princesa Dona Paula e rua Álvares de Azevedo, entre outras, começaram a receber as ações da operação tapa-buracos, permitindo melhorias para a circulação tanto de pedestres quanto para os veículos dos moradores.

“Desde o início do ano, temos ouvido as lideranças comunitárias e buscado entender as necessidades de cada bairro, cada região da cidade. O Acelera Petrópolis tem levado esse mutirão de serviços para as comunidades e a gente sabe o impacto positivo estas têm para as regiões", avalia o governo interino.

O serviço de tapa-buracos é recapeamento de vias vem sendo realizado, ao longo do ano, pela secretaria de Obras, que passou a contar, neste ano, com a reativação da usina de asfalto. “O asfalto Pré-Misturado a Frio - PMF, vem permitindo a produção própria do asfalto, além de garantir mais agilidade no atendimento à população e economia aos cofres públicos. Esse material tem sido utilizado nessas ações do Acelera Petrópolis, levando o serviço contínuo a diferentes comunidades. Especificamente nesta semana, focado no segundo e terceiro distritos em função da chuva, já que o índice pluviométrico no segundo distrito tem sido menor”, destaca o secretário de Obras, que informa que a partir da próxima semana as equipes seguem ainda para os distritos de Itaipava e Posse.

O levantamento dos pontos de intervenção em Corrêas contou com o apoio do vereador Eduardo do Blog e de agentes regionais. “Fico feliz que em ver que o governo interino teve a sensibilidade para olhar e investir no nosso bairro. Bairro que tem grande importância econômica e histórica para a cidade. Também tem uma importância turística para a região, mas nunca teve os investimentos que precisava para desenvolver todo seu potencial. Levar os serviços do Acelera - com tapa-buracos, pintura, limpeza, capina, etc. - é valorizar, dar dignidade para a população”, disse o vereador.

Localidade terá, ao todo, mais de 2 km de ruas com asfalto novo pelo programa

O governo interino acompanhou, na manhã desta segunda-feira (25), as intervenções de asfaltamento da Rua Manoel Francisco de Paula, no Siméria. Ao todo, serão 2,2 km pavimentação no bairro, uma melhoria do programa Acelera Petrópolis, que já recuperou mais de 25 km em diversas ruas da cidade. O trabalho no Siméria foi iniciado na última sexta-feira (22) e será feito até o encontro com a Rua Olavo Bilac.

“Estamos atendendo a uma reivindicação antiga dos moradores do Siméria e diversos outros bairros da cidade através do Acelera Petrópolis. Já passamos pelo Bingen, Nogueira, Itaipava, Alto da Serra, Morin e pelo centro. E, em cada lugar em que acompanho esse trabalho, vejo o impacto positivo que o asfalto na porta traz para as pessoas, especialmente onde elas aguardavam há anos”, disse o governo interino, que também lembrou que, ao todo, mais de 60 ruas do município receberão as melhorias.

O presidente da Associação de Moradores do Siméria agradeceu pela chegada do asfalto na localidade. “Foi super importante a chegada do asfalto. A previsão é que viria lá de baixo, na padaria da entrada do Siméria. Pedi ao prefeito que viesse aqui ao ponto final, que é a área mais crítica, e ele nos atendeu. É uma demanda muito antiga”, disse.

O vereador Eduardo do Blog, que acompanhou a visita do prefeito, cuja família vive no bairro há 40 anos, diz que o asfalto ajudará a melhorar a vida dos moradores. “O que o prefeito Hingo está fazendo aqui é realizar um sonho, não só meu, mas dos moradores, do nosso presidente da associação, que vive aqui há mais tempo que eu. Na verdade, ele não está possibilitando só asfalto, mas também dignidade, com a reforma e ampliação do posto de saúde, que terá dentista e sala de vacinação”, afirmou.

O trabalho no Siméria conta com mais de dois quilômetros de asfalto novo, do ponto final do bairro até o acesso pela Olavo Bilac. “E, recentemente, pavimentamos ainda a rua Coronel Albino Siqueira, a Cardoso Fontes e a Napoleão Esteves, além de termos concluído a Saldanha Marinho (no trecho entre o Alto da Serra e as Duas Pontes)”, lembra o secretário de Obras, que ressalta ainda que o trabalho também será retomado na rua Washington Luis, no Centro. “Ali já fizemos parte da pavimentação, no trecho entre as Duas Pontes e a rua do Imperador”.

Duas ruas receberam aplicação de oito toneladas de asfalto

As ruas Rosalina Virgínia de Freitas Carvalho e Ferreira da Cunha, que ficam às margens da BR-040 e dão acesso ao Duques, receberam manutenção viária na tarde desta quarta-feira (16.05). Os dois locais receberam aplicação de oito toneladas de asfalto, trabalho que envolveu oito funcionários, um caminhão e um rolo compressor. O prefeito Bernardo Rossi acompanhou o serviço.

A Secretaria de Obras vem fazendo manutenção viária de forma constante em toda cidade. Só em abril o serviço foi realizado em 45 ruas de 25 bairros. Em maio, o serviço foi executado no Madame Machado, Comunidade do Veludo (Duarte da Silveira), Estrada Mineira, Rua Vigário Correa -  acesso ao Hospital Alcides Carneiro em Corrêas - Comunidade do Calembe (Nogueira), Comunidade do Alemão (Retiro), Padre Siqueira (Centro), Rua Augusto Fragoso (Quitandinha) e Posse.

Esse é um serviço que não para em toda cidade, levando mais conforto aos moradores de todos os bairros. São diversos locais já atendidos e o trabalho vai continuar para atender toda a demanda do município.

A Secretaria de Obras também está promovendo a manutenção de calçamento. O serviço já passou pelo Quitandinha, Posse, Centro, Bingen, Duarte da Silveira e Independência só em abril. Nesta quarta, o trabalho ocorreu na Rua Romeu Sutter (Alto da Serra), Rua Manuel Francisco de Paula (Siméria) e Itaipava.

Cidade bem cuidada: prefeitura trabalhando nos bairros

 A Secretaria de Obras ainda fez manutenção de rede de águas pluviais em Rua Virgilio de Sá Pereira Junior (Roseiral), Rua Dracenas (Vale dos Esquilos), Rua Estados Unidos (Quitandinha), Rua Itália (Vila Militar), Rua Quissamã (Quissamã) e Rua Carlos Tyll (Samambaia). Ainda houve reparos em calçadas na Rua do Imperador (Centro) e um ponte na Estrada do Gentil (Itaipava).

A Comdep fez capina e roçada em Cristóvão Colombo (Castelânea), Antônio Machado (Caxambu), Honduras, Nicarágua, Domingos Silvério (Quitandinha), Alfredo Shilick (Alto da Serra), Marechal Hermes (Quarteirão Ingelheim), José Timóteo Caldara (Bela Vista), Fábrica do Saber (Cascatinha), Alcides Carneiro (Corrêas), Rua Bernardo Coutinho (Araras) e Rua Gerônimo Ferreira Alves (Manga Larga), Siméria e Duarte da Silveira.

Também houve coleta de entulho em Comunidade dos Ferroviários, Sargento Boening, Chácara Flora, Vila Felipe (Alto da Serra) e Nogueira.

A manutenção de iluminação ocorreu em Independência, Comunidade do Alemão, Retiro, Bingen, Estrada da Saudade, Araras, Centro, Pedras Brancas e Mosela.

O acesso ao Hospital Alcides Carneiro, Rua Vigário Correa, recebeu serviço de tapa-buraco nesta sexta-feira (09.02) pela Secretaria de Obras. Um caminhão com 15 toneladas de asfalto foi utilizado no trecho, num trabalho que terá sequência após o Carnaval. Seis funcionários e um rolo compressor foram mobilizados.

Além do HAC, a manutenção viária ocorreu também no Caxambu e na Estrada União e Indústria em Itaipava – no trecho entre os Bombeiros e o Terminal.

O trabalho foi intensificado nas últimas semanas para dar conta da demanda dos bairros. São até quatro equipes que fazem o tapa-buraco. A previsão é de que o serviço continue neste sábado (10.02), mesmo em meio ao carnaval. A previsão é que Vila Felipe, Chácara Flora, Atílio Marotti e Comunidade do Alemão recebam tapa-buraco neste sábado – a programação pode ser alterada em caso de chuva, condição que inviabiliza o serviço.

No Alcides Carneiro, o trabalho aconteceu após solicitação da Secretaria de Saúde para melhorar o acesso dos pacientes. Só em 2017, o HAC realizou mais de 69 mil atendimentos ambulatoriais e mais de 10 mil internações – o que representa uma alta circulação de pessoas pelo hospital.

A prefeitura está proporcionando mais acessibilidade para os nossos pacientes com a melhoria das vias de acesso. É uma parceria muito importante da Secretaria de Saúde com a Secretaria de Obras, que garantirá mais segurança no transporte e trânsito dos  pacientes.

A manutenção viária em Petrópolis tem sido feita com frequência. No ano passado, a Secretaria de Obras realizou o serviço de tapa-buraco 439 vezes em mais de 250 ruas e a manutenção de calçamento ocorreu 359 vezes em quase 220 locais. Entre ano, o trabalho já passou por Comunidade do Fragoso, Comunidade Florido, Alto da Serra, Centro Histórico, Estrada da Saudade, Sargento Boening, Secretário, Nogueira, Itaipava, Comunidade do Neylor, entre outros. Também tem sido feito um trabalho temporário de melhoria das condições da Estrada União e Indústria.

Pagina 4 de 85