Obra executada pela Águas do Imperador terá 560 metros e vai beneficiar cerca de 20 famílias que moram no local

A Rua São Paulo, no Quitandinha, está passando por obras de extensão da rede de água. São 560 metros de tubulação que estão sendo instalados para levar abastecimento para cerca de 20 famílias que moram no local. O trabalho é feito pela Águas do Imperador desde a semana passada e ficará pronta em novembro. O prefeito acompanhou o serviço nesta quarta-feira (02.10).

A extensão na Rua São Paulo faz parte do planejamento da concessionária de ampliar em 15 km da rede de abastecimento de água este ano. A Águas do Imperador também vai aumentar a rede de esgoto em 5 km. Só nesses serviços, a cidade terá um investimento de R$ 17,4 milhões pela empresa, atendendo pelo menos 24 bairros

Beatriz Moreira Martins vive há 22 anos na Rua São Paulo e sempre lutou para que fosse feita extensão da rede de abastecimento. Ela lembra das dificuldades em épocas mais secas e também de calor mais intenso, quando o consumo de água aumenta. Hoje, a comunidade conta apenas com água de mina.

“Ela é fundamental porque nós não tínhamos fornecimento pela Águas do Imperador e com esse tempo quente, a gente ficava sem água. Então é realmente fundamental. A gente já tinha até perdido as esperanças de ser atendido, porque são 22 anos sem água. Os moradores estão muito felizes com o progresso que nós estamos conseguindo com essa obra”, comemora a moradora.

Trabalho será feito pela Águas do Imperador para ampliar o abastecimento em 400 metros e atender pelo menos 20 famílias

Prefeitura também fez uma vistoria técnica com a concessionária para viabilizar o mesmo serviço na comunidade do Cantão, no Independência

Cerca de 20 famílias da Rua São Paulo, no Quitandinha, serão beneficiadas com a extensão da rede de abastecimento de água. As obras começam em breve. O trabalho será feito pela Águas do Imperador e vai percorrer 400 metros. O mesmo serviço começou a ser planejado para a comunidade do Cantão, no Independência. A prefeitura e a concessionária fizeram uma vistoria técnica no local e, agora, a empresa fará o levantamento necessário para viabilizar a extensão da rede.

Esses trabalhos fazem parte de um investimento de R$ 17,4 milhões por parte da concessionária Águas do Imperador, apenas este ano, para ampliar redes de abastecimento de água e coleta de esgoto. Em 2019, o planejamento prevê a expansão de 15 km de rede de água.

A extensão de rede representa um ganho muito grande para esses moradores, que vão ter a garantia da água tratada em casa, com abastecimento sempre. Eles vão contar com o serviço de qualidade e isso vai gerar um impacto muito positivo também na saúde dessas pessoas.

Na Rua São Paulo, os moradores são abastecidos com água de mina, o que pode gerar dificuldade em épocas mais secas. Por isso, a extensão da extensão é comemorada por quem vive há mais de duas décadas na região.

“É uma notícia maravilhosa. Tem anos que corremos atrás disso. Vai beneficiar muitos moradores aqui que já se cadastraram para receber a ligação com a rede e vai ajudar muito, porque na época que não chove, a gente fica prejudicado”, conta a costureira autônoma, Mônica Itaborahy Schneider.

A prefeitura também esteve com Águas do Imperador no Cantão, que fica no Independência, onde os moradores também solicitaram a extensão da rede de abastecimento. A concessionária vai fazer o estudo de viabilidade técnica ao mesmo tempo em que o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) – inaugurado neste mês – fará o trabalho de inclusão de famílias no Cadastro Único (CadÚnico), porta de entrada para que moradores tenham acesso, por exemplo, à tarifa social de água.

A inscrição no CadÚnico pode ser feita por famílias com renda de até três salários mínimos e possibilita acesso a diversos programas sociais. No caso da tarifa social da água, é possível obter 50% de desconto para a primeira faixa de consumo (zero a 10 m³) mensal de água e esgoto.

Segunda, 30 Julho 2018 - 19:30

Rua Teresa recebe mutirão de serviços

Secretaria de Obras, de Serviços e Comdep promoveram manutenção viária, conserto de iluminação pública e limpeza

A Rua Teresa recebeu a 29ª edição do mutirão de serviços da prefeitura nesta segunda-feira (30.07). A ação reuniu os trabalhos de manutenção viária, conserto de iluminação pública e limpeza das Secretarias de Obras, de Serviços e da Comdep. A prefeitura acompanhou a atuação das equipes operacionais e ouviu de cerca de 30 lojistas e empresários pedidos para ampliação do calendário de eventos da cidade, para ampliar movimentação no local.

Maior shopping a céu aberto da América Latina, a Rua Teresa mais de 900 lojas em dois quilômetros de extensão, sendo o principal polo de moda da cidade. Por lá, os empresários apresentaram algumas reivindicações para melhorias para o local que vão beneficiar os compradores.

A prefeitura está ouvindo os empresários para que esse seja o momento da virada para tornar a Rua Teresa um ambiente melhor ainda para todos. A partir dessas demandas, todas as secretarias vão se reunir para atender o que cabe a cada uma delas.

Um dos pedidos é que eventos do calendário municipal, quando o movimento é ampliado de visitantes e clientes aumenta, durem mais tempo, sobretudo o Natal Imperial. Este ano, a programação de fim de ano terá início duas semanas mais cedo, no dia 14 de novembro.

“O que a gente quer que eventos, como o Natal Imperial, possam começar mais cedo. Com isso, o visitante antecipa o passeio na cidade e pode comprar mais. Eu percebi esse crescimento na minha pousada, que no ano passado ficou 50% acima do normal para o mês de dezembro. Isso é bom porque gera um volume de negócios para toda cidade”, afirmou o empresário Marcos Garcia de Oliveira, proprietário da Pousada da Rua Thereza.

Durante o mutirão de serviços, a Secretaria de Obras fez a manutenção de calçamento em diferentes pontos da Rua Prefeito Ari Barbosa e manteve uma equipe fazendo limpeza manual de bueiros ao longo da Rua Teresa. A Comdep também teve equipes espalhadas em servidões para fazer o serviço de capina.

A iluminação pública também realizou consertos com uma equipe. O trabalho já vinha ocorrendo durante o mês de julho, quando foram realizados reparos em 58 pontos de luz. Desde fevereiro, a Vitorialuz, empresa responsável pelo serviço, já fez 320 consertos apenas na Rua Teresa.

O mutirão de serviços ocorre desde o ano passado e já passou por Mosela, Posse, Independência, Madame Machado, Siméria, Bonfim (em duas oportunidades cada bairro), Bairro da Glória, Nogueira, Secretário, Alto da Serra, Quitandinha, Estrada da Saudade, Morin, Meio da Serra, João Xavier, Vila Rica, 24 de Maio, Duques, Bela Vista,Vicenzo Rivetti,Vila São José e Carangola.

Os trabalhos na Rua Teresa foram acompanhados pelo vice-prefeito Baninho; pelo presidente da Comdep, Wagner Silva; pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini, o diretor de manutenção viária da Secretaria de Obras, Ivano Soares e o coordenador de engenharia da Águas do Imperador; Wellington Quatorzevoltas.

O programa Prefeitura Presente promoveu aplicação de asfalto em ruas de mais oito bairros nesta quinta-feira (24.10). O prefeito acompanhou as equipes que atuaram em Nogueira, Siméria, Quitandinha e Duarte da Silveira. Além disso, o trabalho também ocorreu em Estrada da Saudade, Caxambu, Sargento Boening e Bataillard.

Nesta quinta-feira, houve aplicação de asfalto na Rua Alagoas (Quitandinha), Rua João Xavier (Duarte da Silveira), Henrique João da Cruz (Estrada da Saudade), Álvares de Azevedo (Nogueira), Rua do Esqueleto (Siméria), Estrada do Paraíso (Sargento Boening) e Estrada José Almeida Amado (Caxambu), e Rua Bataillard (Bataillard).

Na Rua Alagoas, o morador Valdir Dias Ferraz Junior, que trabalha fazendo entregas de materiais de construção, destacou a importância do serviço na comunidade. “Vai ajudar muito a todos, ainda mais para mim, que trabalho dirigindo caminhão. Ajuda na manutenção do carro e no próprio conforto”, disse o morador.

Além do tapa-buraco, outros serviços de limpeza, iluminação pública, pintura de meio-fio e sinalização de vias serão reforçados nas comunidades de Petrópolis. A meta é chegar a 150 homens trabalhando nos bairros, somando ao que já é feito diariamente pela Comdep, além das secretarias de Obras e de Serviços e CPTrans.

Também nesta quinta, a Comdep promoveu remoção de entulho em ruas da Estrada da Saudade, Alto da Serra, Bairro da Glória e Centro. Já a Secretaria de Serviços esteve em comunidades da Mosela, Cascatinha e Itaipava.

A capina e roçada aconteceu no Duarte da Silveira, Quitandinha, Alto da Serra, Centro, Vila Militar, Valparaíso, Corrêas, Quitandinha, Taquara e Independência.

A Secretaria de Obras promoveu manutenção de rede de águas pluviais no Quitandinha, manutenção de calçamento e desobstrução de bueiros no Independência.

A manutenção de iluminação pública ocorreu em ruas de Caxambu, Itaipava, Quitandinha e Centro.

Quinta, 24 Agosto 2017 - 18:44

Ruas do Centro recebem manutenção viária

Local de maior movimentação de veículos na cidade, o Centro está recebendo esta semana o serviço de tapa-buraco. Na quarta-feira (23.08), a manutenção viária aconteceu nas ruas Nelson de Sá Earp, Padre Siqueira, Roberto Silveira, Koeler  e Monsenhor Bacelar. Nesta quinta (24.08), o trabalho aconteceu na Padre Feijó, Albino Siqueira, trechos da Rua do Imperador e da Washington Luiz. Ao longo do ano, mais de 250 ruas dos cinco distritos já receberam o serviço.

A Secretaria de Obras aplicou um caminhão com 15 toneladas de asfalto em cada dia. A quantidade é suficiente para cobrir 120 m³ de buracos. Sete funcionários participaram do trabalho, feito com o auxílio de rolo compressor para fixar o material nas vias.

A previsão é que o serviço tenha sequência nesta sexta-feira (25.08). Mais um caminhão com 15 toneladas de massa asfáltica será usado. O material utilizado é o chamado "asfalto quente" que tem maior qualidade e durabilidade. O trabalho pode ser cancelado em caso de chuva, condição que inviabiliza aplicação do material.

Petrópolis tem quase 165 mil veículos, segundo o Detran-RJ. Desse total, 82,9% são automóveis, motocicletas e ônibus, veículos de grande circulação em toda a cidade. Por isso, do tapa-buraco contribui para que o transporte público seja mais eficiente, reduzindo atrasos e quebras de veículo.

“Trabalho no Retiro e moro na Mosela. Então todo dia eu tenho que pegar dois ônibus para ir e voltar do trabalho. As vezes o ônibus acaba demorando porque anda mais devagar. Acho que agora vou chegar em casa pouco mais rápido”, diz a comerciante Claudia Vianna.

A realização do serviço também é vista por motoristas que trafegam sempre pelo Centro como uma forma de dar maior fluidez ao trânsito.

"Esse trabalho é realmente importante. Acredito que o trânsito poderá andar mais rápido, o que será bom tanto para quem usa carro, como para ônibus, e vai evitar a quebra de peças", avalia a bancária Anna Lúcia Esposte Marques.

 

Segunda, 02 Abril 2018 - 23:28

Ruas do Centro recebem tapa-buraco

A Secretaria de Obras promoveu serviço de tapa-buraco nesta segunda-feira (02.04) em ruas do Centro, local de maior movimento de trânsito da cidade. Ruas como Silva Jardim, Fonseca Ramos e Dom Pedro receberam aplicação de 15 toneladas de asfalto – a Rua Alberto de Oliveira, na Mosela, também foi atendida. O mesmo trabalho ocorreu novamente na Estrada União e Indústria, em trecho entre a entrada de Carangola até o Terminal de Corrêas. Mais 15 toneladas de material foi utilizado neste trecho. Foram usados três rolos compressores para o trabalho, que envolveu 14 funcionários.

A manutenção viária em Petrópolis tem sido feita com frequência. No ano passado, a Secretaria de Obras realizou o serviço de tapa-buraco 439 vezes em mais de 250 ruas e a manutenção de calçamento ocorreu 359 vezes em quase 220 locais.

Este ano, o trabalho já passou por Comunidade do Fragoso, Comunidade Florido, Alto da Serra, Centro Histórico, Estrada da Saudade, Sargento Boening, Secretário, Nogueira, Itaipava, Comunidade do Neylor, Caxambu, Morin, Vale do Carangola, entre outros.

O Centro é o local com maior fluxo de veículos e problemas de buracos tem grande impacto no trânsito, atrapalhando motoristas e o transporte público. Por isso, o trabalho de tapa-buraco tem grande importância para ajudar a melhorar a passagem nessas ruas.

Também tem sido feito um trabalho temporário de melhoria das condições da Estrada União e Indústria devido ao risco de acidentes. Desde janeiro, mais de 12 km da estrada receberam 240 toneladas de asfalto. A estrada tem 25 km e cerca de 100 mil pessoas passam diariamente pelos trechos administrados Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito (Dnit) – Retiro a Pedro do Rio – e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) – Pedro do Rio a Posse.

Cidade bem cuidada: prefeitura trabalhando nos bairros

A Comdep fez coleta de entulho em Vila Rica, Mosela, Pedras Brancas, Chácara Flora e Vila Felipe.

A capina aconteceu em Frei Rogério, Rua Teresa, Casemiro de Abreu (Centro), Cristóvão Colombo (Castelânea), Hélion Póvoa, Madre Francisca Pia (Quarteirão Ingelheim), Tancredo Neves (São Sebastião), Batista da Costa (Mosela), Olga Castrioto, Moinho Preto.

A manutenção de iluminação pública ocorreu em Duques, Quitandinha, Posse, Catobira (Itaipava) e Quissamã.

A Secretaria de Obras ainda fez manutenção de redes de águas pluviais em Travessa Manoel Ferreira da Silva (Caxambu), Travessa João Soares (Vila Felipe), Felipina Torres (Bingen), Gastão Marques (Mauá) e Jacinto Rabelo (Alto da Serra).

Duas ruas do Quissamã, a Francisco Scali e a Missionário Christie, receberam melhorias no pavimento para tornar o local mais seguro. A Prefeitura optou pelo asfaltamento para que, principalmente nos trechos mais íngremes, onde havia paralelepípedos que se soltavam com as chuvas, a passagem de carros e pedestres seja mais tranquila. Em visita ao local esta semana, o prefeito Rubens Bomtempo conversou com os trabalhadores da obra e com os moradores do local, que aprovaram o serviço.

“Era um pedido dos moradores e nós atendemos. São ruas importantes, por onde passam muitas pessoas. Essa melhoria valoriza o bairro e dá mais segurança aos motoristas”, disse Bomtempo.

O vendedor Bruno Tadeu, morador da Rua Missionário Christie, relatou a presença de muitos buracos na via antes do serviço. “Agora com certeza está melhor para os carros subirem”. O comerciante Jorge Luiz Kronemberger, que é motociclista, também elogiou o asfalto. “Antes estava muito ondulado. Agora está muito bom”.

Novo levantamento - O prefeito também determinou ao secretário de Obras, Aldir Cony, um novo levantamento das ruas que mais necessitam do serviço. “Estamos trabalhando para conseguir mais recursos e assim aumentar o cronograma das vias beneficiadas”, explicou Aldir.

No último mês, a Prefeitura também recuperou a pavimentação da Rua Adão Carlos, no Taquara, e da Rua Afrânio Mello Franco, no Quitandinha, além de retomar o asfaltamento da Estrada Ministro Salgado Filho e da Estrada do Cantagalo, no Vale do Cuiabá.

Trabalho na Manoel Francisco de Paula e na Presidente Sodré beneficia 59 viagens ao dia

As ruas Manoel Francisco de Paula e a Presidente Sodré, no Siméria, receberam manutenção viária nesta quarta-feira (13.03). Foram utilizadas 12 toneladas de asfalto com o objetivo de melhorar as condições para a passagem do transporte público.

Essas vias servem de itinerário para três linhas de ônibus que atendem o Siméria (407, 438 e 446), com 54 viagens por dia, além da linha noturna 498, que faz cinco viagens.

A prefeitura mantém uma rotina de manutenção viária na cidade, atendendo principalmente as ruas onde passam os ônibus nos bairros de Petrópolis. Esse serviço é feito constantemente para proporcionar viagens mais confortáveis e seguras, possibilitando menos quebras dos veículos e menos atrasos.

“Melhora a passagem do ônibus e também é bom para quem tem o seu próprio carro, tem menos problemas com amortecedor, pneu. Evita quebras do ônibus, coisa que prejudica e atrasa quem precisa ir trabalhar, quem está voltando para casa”, destacou o morador Alcimar Teixeira.

Nesses dois meses e meio de 2019, a prefeitura promoveu a manutenção viária em 48 ruas de 22 bairros. Este ano, já foram atendidas ruas de Alto da Serra, Araras, Bingen, Carangola, Castelânea, Caxambu, Centro, Chácara Flora, Corrêas, Estrada da Saudade, Itaipava, Meio da Serra, Morin, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Quitandinha, Retiro, Samambaia, Siméria, Valparaíso e Vila Felipe.

Também nesta quarta-feira, o trabalho de manutenção viária ocorreu na Rua Euclides de Oliveira (Meio da Serra), por onde passam 13 viagens da linha 413. Por lá, a Secretaria de Obras também aplicou 12 toneladas de asfalto.

No ano passado, foram 140 ruas atendidas só no último trimestre. E o objetivo é atender cada vez mais locais, sempre com o foco em melhorar as condições para o transporte público nas comunidades.

Obra na rede de abastecimento de água no Siméria

Ainda no Siméria, o prefeito acompanhou uma obra de melhoria da rede de abastecimento de água em uma servidão do bairro, feita pela Águas do Imperador. A concessionária está fazendo a troca da tubulação que abastece os moradores. O trabalho começou na segunda-feira (11.03) e vai substituir 150 metros da rede.

A Avenida Barão de Amazonas e Rua Rocha Cardoso vão ganhar obras de pavimentação. O serviço vai ser possível graças a um convênio firmado entre a prefeitura e o Ministério das Cidades, a partir de uma emenda parlamentar. Todo trecho, incluindo a Rua Monsenhor Bacelar (que também terá obras), faz uma importante ligação entre o Centro e bairros como Valparaíso e Quitandinha. As melhorias em um quilômetro vão dar maior conforto para mais de 24 mil veículos que passam pelo local diariamente.

Desse total, mais de 1,8 mil são ônibus. Em horários de pico, a movimentação chega a 1,2 mil veículos por hora, o que reforça a importância da obra para a população. Um dos que será beneficiado com a ação é o taxista Cristiano Rodrigues, que acaba usando a rua várias vezes durante as corridas.

“A gente que passa por essas ruas sempre sabe que é muito importante que tenham melhorias nesses locais de grande circulação. Isso vai trazer um reflexo no trânsito não só ali, mas em todo o Centro”, acredita.

O trecho é bastante significativo para o turismo da cidade. Além de ser um importante local para saída de turistas, que precisam acessar Valparaíso e Quitandinha, também abriga alguns dos pontos turísticos mais importantes da cidade, como a Museu de Cera, a Casa Santos Dumont e o Relógio das Flores, por exemplo.

Aquele trecho acaba precisando ter manutenção frequente por causa dos veículos pesados, que causam buracos e ondulações na pista. As verbas federais vão vir para essas ruas tenham obras maiores de pavimentação, sinalização e calçadas.

O convênio com a Caixa foi assinado na quinta-feira (08.02). O município também garantiu verbas para reforma da cozinha e refeitório do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp e para duas academias da terceira idade, em Nogueira e Secretário. Todas as emendas ultrapassam o valor de R$ 1,1 milhão em investimento do governo federal em Petrópolis.

Essas verbas fazem parte do esforço do prefeito Bernardo Rossi em obter recursos para a cidade. Só em 2017, foram R$ 23,3 milhões para 30 projetos.

As prioridades do município são manter os serviços e compromissos assumidos com a população, ou seja, a merenda na escola, o médico e o medicamento nos postos de saúde, o pagamento do funcionalismo. Por isso, é fundamental o apoio que o governo federal tem dado para o avanço de Petrópolis, é com essas verbas que a cidade consegue fazer mais investimentos.

Quarta, 28 Novembro 2018 - 19:07

São Sebastião recebe ação do Mais Asfalto

O prefeito Bernardo Rossi acompanhou nesta quarta-feira (28.11) o trabalho do Mais Asfalto na Olga Castrioto, no São Sebastião. A manutenção viária feita pela Secretaria de Obras beneficia a passagem de três linhas de ônibus que atendem os moradores. Juntas, elas somam 39 viagens por dia. Por isso, foram aplicadas cinco toneladas de asfalto.

O programa tem até sete equipes para promover a manutenção viária na cidade. Nesta quarta, também foram atendidos Pedro do Rio, Itaipava, Carangola e Estrada da Saudade.

Em Pedro do Rio, o trabalho ocorreu em Barra Mansa, por onde passam 18 viagens da linha 701. Também houve manutenção viária em Vila Rica, Itaipava, que recebe 54 viagens da linha 713 e três da noturna 722. Já no Carangola, a Travessa Carlos Carnevalli, ponto final da linha 503, que faz 25 viagens por dia, recebeu aplicação de asfalto. No Caminho do Fragoso (Estrada da Saudade), o serviço beneficia as 37 viagens da linha 520.

Outros bairros também já estão na programação do Mais Asfalto, como Araras, Duarte da Silveira, Quitandinha, Independência, Vila Rica, Taquara e Nogueira.

Além dos bairros, o Mais Asfalto atua também nas vias de maior circulação da cidade. O programa já pavimentou quase sete quilômetros entre as ruas Santos Dumont, Souza Franco, Visconde de Bom Retiro, Aureliano Coutinho, Imperador, Dr. Sá Earp, 16 de Março, Roberto Silveira e entorno da Praça da Liberdade, no Centro.

Pagina 71 de 79