O projeto de reforma da Escola Municipal Jandira Peixoto Bordignon foi apresentado hoje (11/04), durante uma reunião realizada pela Prefeitura na instituição de ensino. Cerca de 50 pessoas, entre pais, alunos e professores, participaram do encontro, que reuniu os secretários de Obras Aldir Cony, de Habitação Rodrigo Seabra e a de Educação Mônica Freitas.

A previsão é de que as obras sejam iniciadas no segundo semestre e, de acordo com Mônica Freitas, o imóvel que abrigada a escola há cerca de dez anos está em processo de desapropriação, iniciado pelo prefeito Rubens Bomtempo. “Isso significa que a obra será realizada num prédio do município. Vamos utilizar toda a estrutura e readequar o espaço. Esse era o pedido da comunidade”, disse a secretária, destacando que a Educação é uma das prioridades do governo municipal.

A partir da apresentação e aprovação do projeto pela comunidade, de acordo com o secretário de Obras Aldir Cony, o próximo passo será a abertura de processo licitatório para a contratação de uma empresa para dar início às obras. “A primeira e principal etapa já foi ultrapassada pelo prefeito Rubens Bomtempo, que era a decisão de fazer a obra. Ele não teve dúvidas em garantir essa melhoria para a comunidade”, salienta Aldir.

A professora Érika Lima, diretora da Escola Jandira Bordignon, que atende 430 crianças da educação infantil ao 9º ano do ensino fundamental, ficou emocionada com o projeto e com as melhorias que o prédio irá receber. “Este é o primeiro passo para a realização de um grande sonho. Confiamos no prefeito”, disse.

Vizinha da escola, a moradora Roseane de Oliveira Bento, de 32 anos, mãe de dois alunos da unidade de ensino, comemorou a iniciativa. “Meus filhos estudam lá desde muito pequenos, por isso tenho um carinho especial por essa escola. O projeto vai valorizar o prédio e a comunidade”, disse.

A dona de casa Celma Maria Rodrigues de Souza, de 49 anos, destacou a iniciativa da Prefeitura em fazer a apresentação do projeto aos pais dos alunos. “A escola é da comunidade e tudo o que vimos aqui irá beneficiar os nossos filhos”, salienta Celma Maria.

Uma audiência pública com moradores, comerciantes e usuários das Duas Pontes foi realizada pelo prefeito Rubens Bomtempo, na noite de quinta-feira (10/04). Cerca de 50 pessoas participaram do encontro, cujo objetivo era apresentar os projetos do PAC da Mobilidade, que contempla aquela região.

O projeto de mobilidade para as Duas Pontes prevê a construção de uma rótula na via. A medida será possível através da desapropriação de três imóveis no lado par da Rua Washington Luiz. Criação de baias, vagas de estacionamento e de carga e descarga, além de novas travessias de pedestres também estão incluídas no projeto básico, assim como uma ciclovia.

Durante o encontro Bomtempo falou sobre a importância da participação da população. “As pessoas precisam se apropriar do conteúdo dos projetos, dar sugestões e tirar dúvidas. A participação de todos vai garantir a boa utilização dos recursos e garantir a realização das melhorias necessárias, que são fundamentais para esse trecho”, disse o prefeito, adiantando que outras reuniões serão realizadas para discutir os projetos para a área.

O presidente da CPTrans Gilmar de Oliveira e o diretor do departamento de Urbanismo da Secretaria de Planejamento Orlindo Pozzato, também participaram do encontro e ajudaram a esclarecer as dúvidas dos moradores. A presença do prefeito Rubens Bomtempo na reunião agradou os participantes, entre eles o comerciante Eduardo Silva da Costa, de 30 anos. “Estamos vendo que o prefeito tem interesse de resolver esse antigo problema. Fiquei satisfeito com os projetos, principalmente porque contempla áreas de estacionamento, embarque e desembarque e carga e descarga. Hoje, a falta de estacionamento para os clientes é a responsável por prejuízos de quase 50%”, destacou.

O presidente da Associação de Moradores da Conde D’Eu também destacou a presença do prefeito. José Mouzinho da Silva frisou que mora na região há 30 anos e já acreditava que o problema não tivesse solução. “Hoje, conhecendo três projetos que podem resolve-lo, é animador. Fiquei satisfeito com a apresentação, mas acredito que toda sociedade tem que contribuir para garantir que tudo dê certo”, opina.

O prefeito Rubens Bomtempo apresentou aos moradores da comunidade 24 de Maio os projetos das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Encostas, que serão realizados na Rua Nova. A localidade será contemplada com um investimento de R$ 3,8 milhões em obras de drenagem e contenção de encostas para garantir a segurança de toda a região.

“Este é um conjunto de obras importante que levará mais segurança para áreas vulneráveis da 24 de Maio e tranquilidade para os moradores da comunidade. Estamos realizando uma ação de prevenção em uma localidade importante e que temos uma relação histórica e afetiva muito grande”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

As obras vão acontecer em dois pontos da Rua Nova: no início da rua principal, próximo a escadaria e no topo da montanha. As intervenções na localidade fazem parte do Plano de Redução de Riscos, que identificou a necessidade de obras preventivas na área.

Durante o encontro com os moradores, o prefeito também anunciou que a secretaria de Educação irá buscar um local para a instalação de um Centro de Educação Infantil para atender de 80 a 120 crianças da comunidade. Além disso, Bomtempo solicitou que a quadra seja aberta para que as crianças e os jovens tenham uma opção de lazer.

“Essa audiência pública significa o início do resgate da relação das comunidades com a administração pública. A Prefeitura está de parabéns com esta iniciativa”, declarou o fundador da Associação de Moradores da 24 de Maio, José Carlos Meschker.

Bomtempo disse que continuará realizando reuniões na comunidade para falar sobre as obras e também anunciou que a mão de obra contratada será da própria comunidade: “Queremos gerar empregos para os próprios moradores, que têm uma relação afetiva com o bairro onde vivem”, concluiu.

A Prefeitura vai promover no mês de maio uma audiência pública para discutir projetos de infraestrutura para a região de Secretário. O anúncio foi feito pelo prefeito Rubens Bomtempo durante visita à praça, na última semana. Entre os projetos que serão discutidos na audiência está a construção de uma creche, um Centro de Inclusão Digital (CID), uma sala de leitura e a instalação da rede wi-fi, além de um estacionamento para atender o comércio local.

 “Toda essa área foi desapropriada pela antiga administração para a instalação da praça, no entanto um imóvel localizado no mesmo terreno não foi desapropriado. Vamos comprar essa casa e, no espaço, construir a creche para a população de Secretário”, explicou o prefeito, acrescentando que o custo da construção da praça, no valor de R$ 800 mil, não foi pago pela antiga administração municipal. “Em dezembro de 2013 nós quitamos a dívida”, disse. Atualmente, a Prefeitura está realizando obra para instalar iluminação pública no espaço, intervenção que também estava fora do projeto inicial.

A construção da creche e de um novo espaço para a sala de leitura são compromissos de campanha de Bomtempo. “A atual sala de leitura não comporta mais a quantidade de livros. Por isso é importante arranjar um novo local, com mais espaço, garantindo mais comodidade para os leitores”, comentou Bomtempo. Atualmente a sala de leitura conta mais de mil títulos, todos doados por moradores da região. “Não temos mais espaço. Vários livros estão em caixas. Precisamos de um novo local”, disse a coordenadora do projeto, Natália de Abreu.

A Prefeitura realizada nesta quarta-feira (9/4) uma audiência pública para tratar das obras do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) das Encostas, na Rua Nova, localizada na 24 de Maio. A localidade será contemplada com obras de drenagem e contenção de encostas, o que vai garantir mais segurança para toda a região. 

As intervenções integram o primeiro lote do PAC, um investimento de R$ 3,8 milhões. “A contenção na Rua Nova faz parte do Plano de Redução de Riscos, que identificou a área como um local onde havia necessidade de obras preventivas. A ideia é prevenir, garantindo, assim, a segurança e tranqüilidade de todos os moradores. Vamos fazer antes de o problema acontecer”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Além da Rua Nova, o primeiro lota de obras do PAC da Encostas também vai beneficiar o Vale do Carangola e as ruas Henrique Paixão, Alexandre Fleming e Casemiro de Abreu. A audiência será realizada na Escola Municipal Clemente Fernandes (Rua 24 de Maio, nº 517, no Alto da Serra) às 19 horas.

Construção de novas redes de águas pluviais, desassoreamento do córrego e estabilização de encosta estão beneficiando moradores da Comunidade do Vila Rica, em Pedro do Rio. O trabalho, realizado pela Prefeitura em parceria com a concessionária Águas do Imperador, começou na última segunda-feira (31/3).

A realização das ações foi determinada pelo prefeito Rubens Bomtempo com o objetivo de dar mais tranqüilidade e aumentar a qualidade de vida dos moradores do local. De acordo com o secretário de Obras, Aldir Cony, no caso da nova rede de captação de águas pluviais, o objetivo é manter o sistema funcionando e evitar transtornos para os moradores.

“Uma das novas redes está sendo construída porque a antiga passava por baixo de cinco casas. O sistema não suportou a demanda e estourou. Em vez de uma simples desobstrução, o Prefeito optou pela implantação da nova rede de águas pluviais e de uma nova rede de esgoto, prezando o bem estar da comunidade”, explicou Aldir.

A via principal do Vila Rica também recbe a nova rede. Isso porque, logo na entrada da comunidade, se formavam grandes bolsões de água e, em dias de chuva forte, prejudicava a passagem dos moradores.O comerciante Paulo Roberto da Costa, 60, ficou satisfeito com o início das intervenções. “Agora o problema acabou”, comemorou.  A moradora Paula Carina Pereira, de 35 anos, acrescenta que as obras garantem mais tranqüilidade para todos. “Quando chovia, ficávamos preocupados”.

O córrego do local também está recebendo limpeza da Comdep. O nível de lama já estava cerca de 60 centímetros acima do normal. De acordo com Júnior César do Vale, de 39 anos, a última limpeza havia acontecido há cerca de cinco anos. “Até 2008 a limpeza era feita com freqüência, de forma braçal. Depois o serviço parou e ficamos cinco anos sem essa importante manutenção”, contou Júnior.

As ações agradaram o comerciante Adão Jacinto, 68, morador no local há 50 anos. “São importantes melhorias. A limpeza do córrego, por exemplo, era de extrema necessidade pois depois de tantos anos sem a realização do serviço, havia mal cheiro, entre outros desconfortos”.

Terça, 01 Abril 2014 - 08:23

Bomtempo visita obras do CEU da Posse

O prefeito Rubens Bomtempo visitou nesta semana o canteiro de obras do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), que está sendo erguido no distrito da Posse. O projeto, resultado de convênio com o Ministério do Turismo, foi paralisado no governo passado, mas retomado em 2013, graças ao esforço do atual governo. No complexo de três mil metros quadrados às margens da Estrada União e Indústria a população terá acesso a uma infraestrutura completa voltada para a cultura e lazer.

Enquanto percorria o canteiro de obras, Bomtempo lembrou que o CEU atende antigo desejo da comunidade. “Este espaço será da comunidade. Terá programação especial voltada para os moradores da Posse”, destacou ele, que fez a visita ao lado do vereador Ronaldo Ramos. Os Centros de Artes e Esportes Unificados fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal. A ideia é integrar, em um mesmo espaço, programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços sócio-assistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital, de modo a promover a cidadania.

O CEU da Posse contará com uma unidade de Centro de Referência da Assistência Social (CRAS); anfiteatro (cinema e teatro), telecentro, biblioteca, auditório, quadra de esportes, equipamentos de ginástica e playground, além de pistas para caminhada e manobras de skate. O projeto está orçado em R$ 2,2 milhões e, desses, R$ 700 mil são de contrapartida do município.

O prefeito Rubens Bomtempo vistoriou na noite de quinta-feira (27/3) as obras de pavimentação no bairro Quitandinha. Acompanhado do secretário de Obras, Aldir Cony, ele percorreu as ruas Mato Grosso e Macaé, onde o serviço já foi concluído, assim como em parte da Minas Gerais. Nas próximas semanas, a Prefeitura realizará a pavimentação nas Ruas Santa Catarina e Rio de Janeiro.

No local, Bomtempo conversou com moradores e comerciantes e ouviu do grupo que a obra atende uma das principais reivindicações da comunidade. “Nas audiências públicas e reuniões dos conselhos municipais, ouvimos moradores e percebemos a importância desta obra. Ver a rua pavimentada, sem os buracos que motivavam tantas reclamações, é motivo de alegria não apenas para quem mora aqui, mas também para todos os que trabalharam para que tudo isso fosse possível”, lembrou o prefeito.

A pavimentação dessas vias faz parte de um pacote de ações para melhorar a qualidade de vida e aumentar a segurança para os moradores do Quitandinha. Nesta semana, a secretaria de Obras começou a instalar 20 novos pontos de iluminação no bairro e a Rua Afrânio de Melo Franco, via alternativa à General Rondon, recebeu melhorias no asfalto, na calçada, no muro junto ao rio e no guarda-corpo.

A Prefeitura de Petrópolis está mais perto de concluir a última etapa das obras de reurbanização do Centro Histórico: o governo do Estado, por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), abriu nesta semana licitação internacional para contatar a empresa que realizará a instalação subterrânea da fiação no lado ímpar da Rua do Imperador. As empresas devem enviar propostas ao Prodetur até o dia 8 de maio, às 14h.

Os recursos virão de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) ao Prodetur, inicialmente destinados à Rua Teresa. A verba quase foi perdida na gestão passada. O prefeito Rubens Bomtempo conseguiu, no fim do ano passado, junto ao vice-governador Luiz Fernando Pezão, recuperar os recursos para que fossem utilizados na conclusão da reurbanização do Centro Histórico. O projeto básico feito pela Prefeitura já foi aprovado pelo BID.

“Estou muito satisfeito por ter conseguido salvar recursos do Prodetur. São R$ 6,2 milhões ajudando o turismo da cidade. Petrópolis é uma cidade histórica e, com a conclusão da reurbanização do Centro Histórico, terá um peso ainda maior no turismo do país. Agradeço o governador Sérgio Cabral e o vice Luiz Fernando Pezão, que foram parceiros nesse processo”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

O prazo para execução das obras é de 180 dias. Entre as intervenções estão o cabeamento subterrâneo; o sistema de proteção; transformação; remoção de toda a instalação aérea, inclusive os postes; e a interligação do sistema novo nas unidades de consumo com pequenas obras de infraestrutura, pois a maior parte do trabalho já foi feita entre 2006 e 2008.
 
A reurbanização - Em 2008, o prefeito Rubens Bomtempo entregou a Rua do Imperador remodelada e reorganizada. A reurbanização garantiu a abertura de oito novos hotéis e pousadas no Centro Histórico, o que contribuiu para um aumento de 45,35% na oferta de leitos no município.

As propostas das empresas interessadas devem ser enviadas à Unidade de Coordenação do Prodetur, na Gerência de Aquisições e Contratos, na Rua da Ajuda, 5, 8º andar, Centro, Rio de Janeiro-RJ, CEP: 20.040-000. É possível obter mais informações pelo telefone (21) 2333-0161 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Moradores do Quitandinha que têm móveis inservíveis em casa devem ficar atentos: o prefeito Rubens Bomtempo determinou à Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) a realização da chamada “Operação Cata-Treco”. A ação, que está integrada ao mutirão de serviços que vem sendo realizado no bairro,s será realizada nesta quinta-feira (dia 27), das 8h às 16h. A intenção é auxiliar os moradores a dar destino correto a móveis, eletrodomésticos e outros objetos inutilizados, conscientizando os moradores sobre a importância de não despejar entulho ao redor de coletoras de lixo do bairro.

De acordo com o presidente da Comdep, Hélio Dias, os caminhões irão circular pelas rias do bairro durante todo o dia e todas as vias serão atendidas. “O serviço irá beneficiar toda a comunidade, promovendo ainda melhorias na qualidade de vida dos moradores e de quem passa pela região”, disse Hélio Dias. A expectativa é que a medida seja estendida para outras comunidades.

Com o mutirão, que reúne todas as secretarias do Governo (entre elas Obras, Comdep, CPTrans e Secretaria de Saúde), uma série de melhorias já foram garantidas à comunidade. Onze ruas já estão recebendo 20 novos pontos de iluminação pública. Na Rua Mato Grosso está em andamento às obras de pavimentação. A Rua Afrânio de Melo Franco, via alternativa à Rua General Rondon, está recebendo melhorias no asfalto, na calçada, no muro junto ao rio e no guarda-corpo.

As ações são uma determinação do prefeito Rubens Bomtempo, que vem buscando desde que assumiu a Prefeitura levar mais conforto e segurança para os moradores do Quitandinha.

Pagina 78 de 88