Cerca 350 ônibus de turismo subiram a Serra para o evento


A mudança de mão da Rua Padre Siqueira foi fundamental para diminuir o impacto do trânsito durante a Bauernfest. Com a cidade lotada em seus 10 dias de evento, petropolitanos e turistas chegaram até a festa sem problemas, já que todos os agentes da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), foram destacados para a festa do Colono Alemão. Foram mais de 320 mil pessoas passando pela Bauern e de acordo com a Concer, nos dois fins de semana, foram registrados 113.810 veículos em direção a Petrópolis. Só de ônibus de turismo foram cerca de 350 - a maioria, 110 deles, no último dia de festa.


No segundo fim de semana, a CPTrans precisou montar um esquema diferenciado no trânsito para receber os veículos de turismo e, além de os direcionar para o entorno do Quitandinha e Bingen, como ocorreu no fim de semana anterior, eles também foram colocados em uma faixa exclusiva na Avenida Barão do Rio Branco. Para a orientação dos motoristas, os agentes da CPTrans, que contaram com o apoio de guardas civis, ficaram nos principais cruzamentos da cidade. Outro ponto para o sucesso do evento foi a ampla divulgação das rotas alternativas, voltadas às pessoas que não tinham a festa como destino final.


Além de organizar o trânsito, a CPTrans também adotou medidas para que os visitantes pudessem parar seus veículos sem transtornos. O horário do estacionamento rotativo foi ampliado para às 22h durante o evento, sem tempo de permanência mínimo. O serviço de valet disponibilizado na Avenida Koeler nos fins de semana e no feriado do Dia do Colono, também ajudou a tirar veículos das ruas, organizado de maneira ordenada os carros no município. Outro ponto positivo foi o direcionamento das vans de turismo para o estacionamento da CPTrans na Rua do Imperador, ao lado da CEF.


“Toda a expertise dos agentes, aliado aos conhecimentos técnicos dos nossos engenheiros de trânsito foram utilizados para cada ação da CPTrans durante a Bauern. O resultado foi uma ação coordenada e organizada, em que a população conseguiu trafegar sem problema e os visitantes chegarem à festa com uma facilidade nunca vista antes”, explica o diretor técnico operacional da Companhia e especialista em engenharia de trânsito, Luciano Moreira.


Petropolitana, a publicitária Nathalia Rodrigues agora moradora do Rio de Janeiro, é  fã da Bauernfest e conseguiu subir à Serra no segundo fim de semana para aproveitar a festa do colono. “Foi uma alteração realmente significativa no trânsito. Vi agentes nos cruzamentos, os carros passando sem maiores problemas, enfim, uma festa totalmente organizada que foi pensada em seus mínimos detalhes”, conta.

Mudanças provisórios ocorrem já a partir de sexta-feira

Ônibus rodam, no domingo, nos horários de sábado entre 8h e 17h

Uma série de alterações no trânsito estão programadas a partir de sexta-feira (05.10) em decorrência da eleição, no domingo (07). A CPTrans irá fazer alterações e já determinou às empresas de transporte público que atuem nos horários de sábados, entre 8 e 17h. Haverá, porém, mudanças de itinerários devido a fechamentos de ruas e alterações em pontos de ônibus, bem como proibição de estacionamento em áreas demarcadas, como a toda a extensão da Rua do Imperador. A orientação é que os eleitores que foram utilizar o carro para ir votar fique atento às mudanças e orientações de agentes de trânsito.

Ônibus da Cidade Real, PetroIta, Cascatina e Turb, ao seguir para o Centro, terão seus itinerários desviados pela Rua Imperador. As linhas que realizam ponto final no Bosque do Imperador, terão o itinerário desviado no sentido Centro X bairro para as ruas Barão de Teffé, Nilo Peçanha, Rua da Imperatriz, Av. Ipiranga (lado par) e segue o restante do itinerário normalmente. Já aquele que atendem o bairro Alto Independência, que utilizam a Rua das Palmeiras, serão desviados pela Rua Ângelo João Brand. Haverá proibição de estacionamento na Rua Nilo Peçanha, devido à mudança.

No domingo serão interditadas as ruas D. Pedro, Barão de Teffé e o Bosque do Imperador para estacionamento dos veículos a serviço do Tribunal Regional Eleitoral. Serão disponibilizadas placas de transito e agentes para os locais, que poderão auxiliar a população em casa de dúvidas. Será proibido virar à esquerda na saída do estacionamento do Shopping D. Pedro e Santo Antônio. Já na esquina das ruas Barão de Teffé com a Rua do Imperador a proibição vai ser de virar à direita. Também será proibido o acesso à Nilo Peçanha de carro.

Todo o lado ímpar da Avenida Ipiranga será bloqueado para o estacionamento de veículos à disposição do TER, mantendo o fluxo apenas em um sentido. Será proibido virar à esquerda na Tabelião Moret, que contará com bloqueio. Para quem irá seguir para o Quissamã a indicação é que vire à direita. Na saída do Estrada Saudade as placas impedirão o acesso à direito.

Haverá, ainda, obstrução de trânsito na Rua das Palmeiras, que compreende a fachada do Ciep Santos Dumont no bairro Independência. Os ônibus estarão sendo desviados para a rua Ângelo João Brand.

O Circuito de Lazer, na Av. Barão do Rio Branco, será montado apenas até à altura da Xerium, em frente ao Corpo de Bombeiros. Isso acontece devido ao SESI ser um importante local de votação gerando entrada e saída de diversas pessoas e veículos no domingo.

Antes, porém, no sábado, serão liberados os acostamentos e áreas de embarque e desembarque da Avenida Ipiranga para veículos à disposição do TRE, a partir das 9h. Já na sexta-feira haverá interdição de meia pista no Bosque do Imperador, entre 6 e 13h. Ficará proibida a parada e o estacionamento da rua durante este período.

Segunda, 06 Maio 2019 - 15:09

Alteração viária – Rua Vassouras

Cinco linhas de ônibus estão tendo seus itinerários alterados na tarde desta segunda-feira (06.05) por conta da interdição na Rua Vassouras, no Quitandinha. As linhas 404 e 412 utilizarão um trecho da rua Ferreira da Cunha, e farão transferência entre veículos. Já as linhas 465, 466 e 469 farão uso de rotas alternativas como a Rua Bahia e Rua Amaral Peixoto. O itinerário normal das linhas será retomado, após a liberação da via. Os veículos de passeio também poderão utilizar esse itinerário.

Segunda, 08 Abril 2019 - 17:05

Alterações no trânsito começam às 16h30

As alterações de trânsito começam nesta segunda-feira (08.04) a partir das 16h30. As mudanças, em caráter de experimental, ocorrem até às 19h30, de segunda a sexta-feira. A intenção é testar alternativas para diminuir o impacto do alto número de veículos na cidade – dois para cada três habitantes. As intervenções estão previstas nas Ruas Paulino Afonso, Montecaseros, 13 de Maio, Avenida Ipiranga e Praça da Liberdade.

Equipes com agentes de trânsito e guardas civis serão disponibilizados para orientar os motoristas, apontar as novas rotas e direcionar os veículos durante as três horas em que o trânsito se mantiver alterado. O horário foi definido com base no grande fluxo de veículos que trafegam pelas ruas do Centro.

Uma das alterações mais impactantes será na Rua Paulino Afonso, onde o estacionamento rotativo existente será suprimido a partir do número 230 até o cruzamento com a Rua Montecaseros. O local irá ganhar uma faixa seletiva exclusiva para ônibus nesse trecho, do lado direito da via. Ao mesmo tempo, serão dispostas grades na Montecaseros, impedindo a conversão à esquerda em determinados trechos, como na saída da Praça Oswaldo Cruz – o retorno deverá ser feito pelas ruas Frei Rogério e Frei Luiz. A Montecaseros será colocada em mão única no sentido bairro, no trecho da saída da Paulino Afonso até o cruzamento da Rua Francisco Manoel.

Na 13 de Maio serão disponibilizadas grades no meio de pista para possibilitar a fluidez do trânsito no sentido Barão do Rio Branco e Bingen, impedindo conversões à esquerda, fazendo que o trânsito não fique atravancado em ambas as pistas por conta do cruzamento. A recomendação é que os motoristas façam os retornos para conseguir acessar seus locais. Ainda na 13 de Maio, agentes de trânsito ficarão posicionados controlando as faixas de pedestres. Além disso, o estacionamento na Avenida Ipiranga será moralizado.

No entorno da Praça da Liberdade também haverá intervenções: agentes de trânsito irão controlar o trânsito de seus acessos, principalmente na ponte com a Rua Roberto Silveira, no sentido Centro e Monsenhor Bacelar – o que acaba afetando na retenção da Avenida Koeler e na saída da Dr. Nelson de Sá Earp, onde também terá agente na faixa de pedestres.

Confira as mudanças:

- Rua Paulino Afonso: supressão de estacionamento rotativo e criação de faixa seletiva para ônibus à direita a partir do número 230, até a Rua Montecaseros.

- Rua Montecaseros: gradis para impedir conversões à esquerda e mão única entre a Paulino Afonso e o cruzamento da Rua Francisco Manoel.

- Ruas Frei Luiz e Frei Rogério: utilizadas para retorno.

- Rua 13 de Maio: gradis para impedir a conversão à esquerda e posicionamento de agentes nas faixas de pedestres.

- Avenida Ipiranga: moralização do estacionamento ao longo da via.

- Praça da Liberdade: acessos controlados por agentes de trânsito.

Uma alteração viária deve minimizar o trânsito na intercessão da Estrada União e Indústria e o Carangola. Principal via em direção aos distritos, o local apresenta retenção em horários de pico devido ao número de conversões possíveis. O teste, que será feito entre 17h às 19h, nesta terça-feira (17.10), consiste na interrupção do acesso de veículos à ponte que dá acesso ao Itamarati. A alternativa para quem iria adentrá-la é seguindo dos distritos é utilizar a Ponte Branca e para quem seguir do Centro, deverá acessar pela Ipiranga em direção a Fonseca Ramos.

Veículo começou a rodar nesta terça-feira (30.10) 

Moradores do Alemão, no Retiro, contam com um novo micro-ônibus zero quilômetro para atender à comunidade. O veículo, da empresa Cascatinha, teve a viagem inaugural nesta terça-feira (30.10). Na última semana, o Neylor também foi contemplado com um novo micro para atendimento dos moradores. Só este ano, já são 32 veículos novos rodando pelas ruas da cidade.

O novo veículo vai atender a linha 528 (Alto Alemão) em substituição ao antigo, que apresentava problemas mecânicos. Ele é totalmente adaptado e monitorado por câmeras e GPS, sistema de reconhecimento facial, além de contar com tecnologia de ponta no motor – um investimento de R$ 560 mil da empresa, somado os dois veículos adquiridos (R$ 280 mil cada).

É um grande prazer poder mostrar à população o novo ônibus. A prefeitura está trabalhando para garantir cada vez mais a qualidade no transporte público, que durante muitos anos foi negligenciada, sem fiscalização efetiva às empresas e sem ônibus novos. Só este ano já são 32 veículos de diferentes linhas e empresas sendo utilizados pelos petropolitanos.

Ao longo do mês de setembro, a linha 513 realizou 786 viagens, sendo cerca de 10 mil passageiros transportados. Usuária da linha e moradora do Alto Alemão há mais de 30 anos, a dona de casa Zanir de Paula Silva, estava no ponto final quando o veículo novo chegou e gostou do que viu. “Isso é muito bom! Fico muito feliz, porque é uma necessidade da comunidade, ônibus não pode faltar”, destaca.

O presidente da Associação de Moradores, Cláudio Noronha, recebeu o grupo e destacou a importância do novo veículo para a comunidade. “Estávamos tendo problemas com quebras do ônibus anterior então saber que há uma movimentação para acabar com esse tipo de problema é muito importante. Toda a comunidade sai ganhando e a população petropolitana como um todo, com estes novos ônibus”, elogiou.

O diretor da empresa, Isidro Ricardo Rocha, destacou a importância da renovação na qualidade do serviço aos passageiros. “É sempre bom reafirmarmos nosso compromisso com a prestação do serviço. Esperamos que os moradores sintam o efeito do novo investimento no seu dia a dia”, destacou.

Petrópolis conta com 350 ônibus em operação e transportou 50 milhões de passageiros por 25 milhões de quilômetros percorridos no ano passado – o suficiente para dar duas vezes a volta na Terra. A cidade conta, atualmente, um ônibus saindo de seus pontos finais a cada 12 segundos.

Mais de 1,5 mil alunos da rede municipal de ensino já participaram das palestras da Campanha de Prevenção de Acidentes de Trânsito da Prefeitura “Faça o Mínimo. Pelo Máximo – Eu Respeito a Vida”, que visa  conscientizar a população sobre a importância de obedecer às leis de trânsito. A campanha, que foi lançada no dia 18 de setembro pelo prefeito Rubens Bomtempo, no Theatro Dom Pedro, envolve a CPTrans, como principal organizadora, além das secretarias de Educação, Saúde e Segurança Pública.
As palestras começaram em outubro, já foram realizadas em 14 escolas e seguem até o dia 14 de novembro. Os palestrantes são a chefe de Educação para o Trânsito da CPTrans, Luciana Venâncio, e os coordenadores da Guarda Comunitária do Vale do Carangola, Leandro Melo e Paulo Renato Furtado. A campanha é direcionada aos alunos do 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental.

Luciana Venâncio conta que as palestras têm sido bem recebidas pelos alunos e alguns levam as informações para suas casas. “Muitas vezes os jovens ajudam os pais a se informarem”, afirmou. Luciana define o trabalho como uma sensibilização: “Estamos sensibilizando os alunos para que eles percebam a importância de seguir as leis de trânsito. Ás vezes são coisas simples, como fazer uso do cinto de segurança. Outras questões, mais complexas, como não dirigir embriagado. A nossa tarefa não é fácil, por isso precisamos da participação dos professores”, ressaltou.

Leandro Melo também avalia como positiva a participação dos alunos, mesmo os menores. Para ele, certamente as crianças levarão informações importantes para as suas famílias. “Todos têm participado ativamente das palestras, algumas crianças, principalmente as que tiveram parentes ou amigos que sofreram acidentes de trânsito, choram. Elas passam a cobrar mais dos pais, que tenham cautela, dirijam com cuidado, usem o cinto. E os jovens que estão se aproximando dos 18 anos, já vão se conscientizando para quando forem tirar suas carteiras de habilitação”, assegurou.    

A diretora da Escola Municipal Abelardo de Lamare, Neide Gebrail Tauk, que recebeu a palestra na manhã desta quinta-feira (7/11), elogiou a iniciativa. “Os alunos interagiram e esclareceram muitas das suas dúvidas. Acho palestras como essa muito importantes para a formação do indivíduo”, afirmou.

As próximas palestras serão realizadas no dia 8, na Escola Municipal Liceu Carlos Chagas e na Carlos Soares. Dia 11, será a vez da Escola Municipal Vereador José Fernandes da Silva.

As 182 unidades de ensino da rede municipal – entre Centros de Educação Infantil e escolas, que atendem mais de 40 mil alunos, estarão abertas a partir desta terça-feira (3/2), quando começa o ano letivo de 2015. As escolas e o trânsito foram preparados para receber os estudantes de forma mais organizada e estruturada.

A preparação do trânsito para a volta às aulas começou ainda em janeiro, quando 43 faixas de pedestres foram refeitas em áreas próximas a escolas. “Estamos prontos para receber os alunos”, garantiu a secretária de Educação, Mônica Freitas.

Para garantir a segurança dos estudantes, a Guarda Civil Municipal e agentes de trânsito vão operar em esquema especial, garantindo suporte em 11 pontos do Centro Histórico: Praças Marechal Carmona, Princesa Isabel e Confluência; ruas Santos Dumont, Marechal Deodoro, Imperador, Paulino Afonso (em frente ao Hospital Santa Teresa) e Chile; Avenida Ipiranga e no cruzamento da Alfredo Pachá e Presidente Kennedy.

O Carnaval nem começou, mas os cerca de 200 ambulantes autorizados a trabalhar nos dias de folia já começaram a comemorar. Durante reunião realizada na última segunda-feira (24/2) na sede da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), eles foram oficialmente informados sobre mudanças na sua forma de atuação: todos trabalharão em barracas padronizadas, que serão montadas pela Prefeitura, e terão identificação especial, com crachás, de forma a desestimular a venda irregular de produtos.

“Além de facilitar o trabalho dos ambulantes, a padronização vai ajudar na fiscalização, permitindo a identificação de quem está legalizado e autorizado a trabalhar nos dias de carnaval”, destacou o secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Jorge Maia. Os ambulantes irão trabalhar em barracas: cerca de 80 serão instaladas em seis bairros (Itamarati, Corrêas, Cascatinha, Praça Pasteur, Alto da Serra e Mosela). Cada ambulante interessado em trabalhar no Carnaval teve que fazer um cadastro na Setrac e a escolha foi feita com base na vulnerabilidade social de cada um.

Além da padronização do serviço, os ambulantes foram informados, durante a reunião, sobre os cuidados que devem ter. Não podem vender bebidas alcoólicas para menores, devem estar atentos às orientações sobre carga e descarga dos produtos e não devem comercializar garrafas ou outras embalagens de vidro. “A CPTrans vai estar atuando em toda a cidade para impedir o estacionamento irregular, por isso pedimos a colaboração dos ambulantes para que não haja problemas no trânsito. O Juizado da Criança e do Adolescente também estará realizando operações”, alertou Jorge Maia.

Durante a reunião também foi anunciadaa criação do Certificado de Ouro, que será concedido aos 10 “melhores” ambulantes. A avaliação será feita pelas equipes da Setrac, que levarão em conta a atuação do trabalhador durante os dias de folia. “Com esses certificados especiais, os ambulantes terão prioridade em outros eventos promovidos pela Prefeitura. A concessão deste documento é um estímulo para o trabalhador atender bem o público e respeitar as normas e orientações dadas pela secretaria e pela Fundação de Cultura e Turismo”, comentou o secretário.

Os ambulantes aprovaram as mudanças. “Esta é uma das melhores épocas do ano para a gente. Costumamos aumentar muito o volume de vendas. O carnaval nos distritos é tradicional e, por isso, as expectativas são as melhores possíveis”, disse Jacques Anderson Fernandes. Para Jerônimo de Jesus, a padronização das barracas e o uso de crachás também vão contribuir para um faturamento maior. “Vai facilitar o nosso trabalho e impedir a concorrência ilegal”, disse.

Com a expectativa de superar o número de visitantes em Petrópolis durante o Natal Imperial se comparado a outras edições, a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte (CPTrans) atua com a operação especial de trânsito para os 60 dias de festa. E, no domingo, começa mais uma etapa do planejamento: a ampliação das vagas e dos horários do estacionamento rotativo. A extensão do estacionamento vale para sábados, domingos e feriados e termina no dia 22 de dezembro. 

Como no ano passado, os veículos de turismo terão prioridade com vagas de estacionamento determinadas e de embarque e desembarque ampliadas, garantindo assim a fluidez do trânsito no Centro Histórico.

Vias com estacionamentos rotativos com sinalização de área azul – valor de R$ 3,50 a hora, e branca com valor R$ 2,50 a hora, serão estendidos para todos os dias com horário das 8h às 22h. Exceto: a Avenida Koeler lado par, que o rotativo funcionará sexta-feira das 18h às 22h e aos sábados e domingos das 8h às 22h – nos demais dias e horários é proibido estacionar; a Avenida Tiradentes lado par de segunda a sexta-feira das 8h às 22h e Praça D. Pedro II aos sábados e domingos das 8h às 22h.

Já os locais que passarão a ter estacionamento rotativo serão:

- Rua da Imperatriz, lado ímpar - sexta-feira das 18h às 22h e sábados e domingos das 8 às 22h - demais dias e horários é proibido estacionar

- Avenida Barão do Rio Branco sentido bairro - sexta-feira das 18h às 22h e aos sábados 8h às 22h e aos domingos 12h às 22h - demais dias e horários é proibido estacionar

- Quitandinha Rua Joaquim Rolla – duas pistas e Rua República da Argentina sábados e domingos das 8h às 22h.

Pagina 8 de 92

Notícias por data

« Fevereiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

turispetro

iluminacao

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo